Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe
 

 Desilusões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

bajumoon

Mensagens : 681
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 32
Localização : São Paulo - SP

Desilusões Empty
MensagemAssunto: Desilusões   Desilusões EmptyQua Jun 04, 2014 8:49 am

Título: Desilusões
Autor: bajumoon
Gênero: drama
Censura/Classificação: M
Capítulos: One-shot
Advertências: Partes impróprias para menores
Resumo ou uma promo: Depois de sofrer tanto pelo abandono de Jeannie, Tony finalmente fica feliz, ao tê-la de volta. Mas será que foi mesmo Jeannie que voltou?


Os minutos se passavam, assim como as horas, os dias.
Mas ele nada sentia, além de um enorme vazio no seu peito.
Tudo o que lhe restara era continuar vivendo, mesmo sentindo-se morto por dentro.
Depois de toda aquela confusão com o tio de Jeannie, Tony e Roger foram transferidos para as Ilhas Aleutas.
O lugar era frio e o trabalho tedioso, mas para Tony, talvez fosse melhor ficar longe de sua casa e de suas lembranças.
Pensando melhor, ele chegou à conclusão que não importava onde estivesse. As lembranças estariam com ele, assim como Jeannie.
Jeannie. Ela o abandonara depois de ouvir dele, que ele jamais se casaria com ela.
Como Tony estava arrependido! Tinha dito tantas coisas sem pensar, sem realmente sentir, somente por raiva.
O Major Nelson não podia voltar no tempo e apagar tudo, então o que restava era a culpa e a dor.
Ele nem mesmo tentava mais se convencer que foi melhor assim, que não precisava dela, que finalmente estava em paz.
Seu coração em pedaços o obrigava a admitir pra si mesmo o quanto a amava e sentia sua falta.
Durante o dia, ele evitava pensar nela, tentando se concentrar em seu trabalho, mas à noite, os sonhos o atormentavam.
Como ele poderia continuar vivendo assim?
***
Jeannie Segunda ficou sabendo que sua irmã se tornaria a rainha de Basenji.
“Não posso acreditar que nosso tio tenha preferido ela e não a mim!” Pensava a gênia, com despeito. “Mas não importa! Ela que fique com aquela chatice de reino, enquanto eu me divirto com o amo dela!”
***
O Major Nelson deitou-se em sua cama, no iglu. Roger não estava por lá naquela noite. Tinha sido chamado para uma missão de sobrevivência. Só voltaria no dia seguinte.
Tony estava completamente sozinho com seus pensamentos e saudades.
“Jeannie... será que você ainda pode me ouvir? Sinto tanto a sua falta!”
Mesmo na escuridão do lugar, o Major Nelson pôde ver a sombra de alguém se aproximando.
“Roge?”
A pessoa não respondeu. Ela ia se aproximando lentamente e Tony ficou em alerta.
“Quem está aí? Diga quem é?”
Tony tateou no escuro um fósforo e ia acender a lamparina. Mas antes que conseguisse, a pessoa misteriosa se aproximou dele e o beijou.
O Major Nelson ficou sem reação. Seria Jeannie? Pensava ele.
Tony deixou ser beijado pela pessoa. O beijo não parecia com os de sua gênia e ele por fim, se afastou.
Tentou mais uma vez acender a luz, mas ela não deixou.
“Quem é você? Diga de uma vez por todas!” Exigiu o Major.
“Sou eu, amo, sua Jeannie!” Aquela voz entrou no coração de Tony e o encheu de alegria.
“Oh, Jeannie, querida! Não sabe o quanto senti sua falta!” Ele confessou.
Ela nada disse, voltou a beijar-lhe, sendo correspondida dessa vez.
Tony estava tão feliz, que não se importava mais com o beijo diferente, nem com a maneira ousada que ela buscava o corpo dele.
Geralmente sua gênia era mais romântica e ia um pouco mais devagar. Ela costumava a agarrá-lo, sim, mas nunca com toda essa agressividade.
Mas talvez, pela necessidade depois de todos aqueles dias separados, ela estivesse mais atirada.
“Haha, calma, querida!” Ele disse, rindo. “Temos tempo! Antes eu preciso falar com você!”
“Depois querido! Agora eu o quero!”
O Major Nelson estava impressionado. Ela não parecia a Jeannie que ele conhecia!
Mas ele não se importou. Sentia tanto a falta dela! E tê-la em seus braços outra vez, o fazia sentir-se tão leve!
Finalmente todo aquele sofrimento, dor e angustia tinham terminado. Ela estava ali! E ele mal podia acreditar!
A gênia piscou, tirando a roupa deles dois. Tony percebeu que estava nu e também pôde sentir o corpo dela do mesmo jeito.
“Uau! Jeannie está mesmo com pressa!” Pensava ele.
Não resistindo mais as investidas da gênia, Tony se virou, ficando por cima dela. Ele a beijava seu pescoço e acariciava todo o corpo dela, sentindo-se nas nuvens.
Tudo o que ele queria naquele momento era poder acender a luz e ver outra vez aquele lindo rosto.
Mas ela não permitiu e ele continuou com sua tarefa de tocá-la, amá-la.
Ela arranhava as costas dele, enquanto ofegava de prazer e o Major Nelson, sem poder mais se conter, uniu-se completamente a ela.
Seu coração, sua mente estava no céu e ele sentiu o maior prazer de sua vida!
 Algum tempo depois, ele disse, enquanto acariciava os cabelos dela:
“Eu a amo, Jeannie!”
Ela ergueu-se bruscamente e piscou, acendendo a luz:
“E mesmo queridoo? Mas que pena! Porque você fez amor comigo e não com a minha irmã!”
Tony a olhou estupefato:
“Você é a irmã de Jeannie! Não pode ser! Você me enganou!”
Jeannie II deu uma risada cruel.
“Sim queridoo! Foi muito fácil imitar a voz da tonta da minha irmã! E sem poder me ver, você achou que eu era ela! Hahaha! Será que não notou nenhuma diferença?”
Sim, ele tinha notado. Mas apenas achara que Jeannie estava um pouco mudada. Jamais imaginou algo assim!
“Como você pode fazer isso?” O Major Nelson a olhou com raiva.
“Hahaha, ora querido! Não finja que não gostou! Sem dúvida deve ter sido muito melhor do que com a minha irmã!”
“Vá embora daqui! Não quero vê-la mais!”
“Oh, não se preocupe, Major baby! Eu tenho a intenção de ficar mesmo. Não ainda! Preciso voltar para o meu velho e chato amo!” Ela se aproximou para beijá-lo, mas ele virou o rosto, enojado. “Nos veremos em outra ocasião. Fique com suas tristezas. Coitadinho!” Ela riu mais uma vez e desapareceu.
O Major Nelson ficou estático na cama. Lágrimas brotavam de seus olhos. A dor que até então tinha sumido, voltara ainda mais avassaladora.
Ele estava em pedaços.
“Jeannie...” Sussurrava ele, sofrendo.

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Desilusões
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Drama-
Ir para: