Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Não pare a música!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 10:46 am

Título: Não pare a música!
Autor: bajumoon
Gênero: comédia
Censura/Classificação: PG
Capítulos: 19
Resumo ou uma promo: Jeannie envolve o Major Healey em uma grande confusão ao piscar, fazendo o Major Healey dançar sempre que ouve uma música.

I

Naquela noite, o Major Healey tinha ido jantar na casa dos Nelson.
Jeannie havia preparado um ótimo cardápio, mas Roger não parecia muito contente.
Seu amigo Tony tentava animá-lo, mas ele estava meio triste e desanimado.
O Major Nelson resolveu perguntar qual era o problema.
“Roge, o que há? Por que você está desse jeito?”
“Não, nada!”
“Você não costuma ser assim. Diga de uma vez qual é o problema!”
“É que... Eu estou apaixonado!”
Tony revirou os olhos. E ele achando que era um problema realmente sério!
“De novo, Roge! Você se apaixona a cada cinco minutos!”
“É quem é ela, Major Healey?” Perguntou Jeannie, entrando na conversa.
“Ahh, é uma dançarina! Linda, perfeita! Ohh, nunca tinha visto uma mulher tão linda!” Disse Roger, sonhando acordado.
Jeannie e Tony se entreolharam, ambos sorrindo.
“Qual é o problema então, Major Healey? Ela não gostou de você?” Perguntou Jeannie.
“Sim, é isso! Ela me disse que não faço o tipo dela. Ela prefere se envolver apenas com dançarinos como ela.”
“Ah, mas isso não justo!” Falou a gênia, indignada.”Você é uma ótima pessoa, ela não devia esnobá-lo assim!”
“Obrigado, Jeannie, mas não adianta! Se pelo menos eu pudesse dançar tão bem como ela, teria uma chance, mas isso não é possível!” Disse o Major Healey, chateado.
“Ora, esqueça isso, Roge! Você é um astronauta, não um dançarino. Se ela não quer saber de você, logo surgirá outra garota legal, que te valorize pelo que é!” O Major Nelson disse, para animá-lo.
“Ah, mas nenhuma outra garota será como ela!” Ele fez uma pausa e acrescentou: “Bom, você tem razão, Tony! É melhor eu esquecer!” Ele olhou distraidamente para o relógio: “Tenho que ir, já está ficando tarde, até mais e obrigado pelo jantar!”
O major Healey se levantou e foi em direção a porta.
“Espere, Major Healey! Você ainda nem comeu a sobremesa!”
“Sim, Roge, fique pelo menos mais um pouco!” Disse Tony.
“Não se preocupem, estou de dieta!” Disse Roger dando umas batidinhas na barriga com as mãos. Seu sorriso forçado preocupou Jeannie.
O Major Healey abriu a porta e se despediu de novo, rapidamente.
“Até mais!” E saiu, sem esperar a resposta dos amigos.
Jeannie ficou olhando ele ir embora, estava com muita pena dele.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 10:47 am

II

Duas horas depois, Jeannie e o Major Nelson estavam no quarto deles, se preparando para irem dormir.
A gênia não conseguia tirar o problema do Major Healey da cabeça.
“Estou com muita pena dele, amo!” Ela comentou com seu marido.
“Não se preocupe com isso, querida! Você sabe muito bem como é o Roger. Provavelmente ele nem se lembrará da garota amanhã.”
“Eu não sei, Anthony! Acho que ele se apaixonou realmente por ela, ele parecia bem chateado.”
“Eu ainda acho que não, Jeannie! No máximo ele deve estar com o orgulho ferido. O ego de um homem pode ser frágil. Principalmente o dele, que está acostumado a ter as garotas que quiser!”
“Pode até ser que seja assim. Mas eu ainda não acho justo ela dispensá-lo somente porque ele não é um dançarino.” Ela parou um pouco de falar, como se estivesse refletindo e disse, com a voz mais baixa: “Ao menos que ele...”
O Major Nelson, que tinha se distraído por um momento colocando o pijama, percebeu as palavras de sua esposa e olhou para ela.
Ah, ele conhecia muito bem aquele sorriso e o olhar travesso que ela tinha. Aquela cabecinha sapeca estava tramando alguma coisa.
Tony se aproximou de Jeannie, a segurou pelos seus braços e a olhou meio de lado.
“Jeannie... eu te conheço muito bem! O que é que você está pensando?”
Ela se soltou, virou-se de costas pra ele e disse rapidamente:
“Nada, amo!”
Ele a abraçou por trás e falou:
“Eu sei que você está tramando algo. É melhor dizer de uma vez o que se passa por sua mente!”
“Não é nada, querido!” Ela se virou outra vez, pôs os braços no pescoço dele e o beijou apaixonadamente.
“O que acha de irmos pra cama agora?” Disse ela junto ao seu ouvido.
Pelo tom de malícia, ele sabia que ela não estava querendo dizer para irem dormir.
Ele sorriu e a conduziu pra cama.
Tony sabia que Jeannie o estava enrolando, porque ela pretendia fazer alguma coisa a respeito de Roger. E sabia também que isso acabaria em encrenca.
Mas ele se preocuparia com isso mais tarde. Agora tinha algo mais importante pra fazer.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 10:52 am

III


Na manhã seguinte, Jeannie estava na porta se despedindo do marido.
“Tenha um bom dia, querido!” Ela deu-lhe um beijo, depois de lhe entregar sua pasta e colocar nele o seu quepe.
“Obrigado, querida!” Disse Tony, com um olhar apaixonado.
Assim que seu marido saiu, Jeannie sentou-se no sofá, pensando no problema do Major Healey. Ela não podia deixar as coisas desse jeito. Tinha que ajudá-lo!
A gênia se piscou para o escritório dele, se fez pequena, escondendo-se atrás do telefone, para observá-lo.
O Major Healey estava revisando alguns relatórios, o seu olhar estava um pouco distante e ele parecia triste.
Ele abriu a gaveta de sua escrivaninha e tirou de dentro uma foto.
Jeannie se aproximou cuidadosamente, sem ser notada e deu uma espiada. A foto era de uma moça muito bonita.
“Ah Laura, como eu queria que você gostasse de mim!” Disse o Major Healey, suspirando.
A gênia não pensou mais e piscou.
Roger sentiu uma sensação estranha no seu corpo e balançou a cabeça.
“Que esquisito! Senti alguma coisa diferente, parecia um arrepio, algo assim! Não! Devo estar imaginado coisas!” Pensou ele.
Roger voltou a se concentrar no trabalho e Jeannie sorriu. Logo ele iria notar sua nova habilidade e ficaria feliz de novo.
Por um momento, a gênia pensou que talvez seu amo não gostasse muito do que ela acabou de fazer e se zangasse com ela.
Mas quando ele percebesse que tudo tinha dado certo e que seu amigo tinha ficado contente, seu amo acabaria aprovando e sentindo orgulho dela.
Por isso, ela decidiu não se preocupar, tinha feito o que era certo e não causaria problemas.
Ela resolveu voltar pra casa e piscou desaparecendo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 10:55 am

IV

“Ei, Roge, você ainda não terminou esses relatórios? Depressa, vamos nos atrasar!” Disse o Major Nelson, entrando na sala do Major Healey.
“Só um instante, Tony!” Falou Roger, terminando de assinar os papeis.
“Não podemos chegar tarde. Você sabe como o general fica bravo com os atrasos. Até porque ele quer que depois da reunião, vejamos o programa de TV, que ele foi entrevistado.”
“Certo Tony, já terminei! Podemos ir!”
Os dois saíram e foram até a sala de reuniões.
Lá, estavam reunidos vários oficiais, para discutir o novo projeto. Entre eles estavam o general Schaeffer, o Dr. Bellows e o General Thomas, que estava visitando a base.
A reunião foi satisfatória. Tony e Roger mostraram os relatórios concluídos e foram elogiados.
Assim que terminaram, o general Schaeffer pediu que todos permanecessem na sala, para assistir ao programa de TV, que ele participou e que iria ao ar naquele momento.
“Toda a imprensa e população estão cada vez mais interessadas no que fazemos e reconhecendo nosso trabalho!” Falou o general, cheio de orgulho.
O televisor que havia sido colocado na sala de reuniões foi ligado e todos se concentraram no programa que começara.
O apresentador anunciou a entrevista com o general, mas antes receberia no palco um cantor famoso, que abriria o programa.
O cantor apareceu e começou a cantar uma música animada e dançante.
Os oficiais estavam todos assistindo, em silêncio, esperando a hora da entrevista.
Mas o Major Healey começou a sentir-se estranho. Seus pés se moviam sozinhos, no ritmo da música. Aos poucos, todo seu corpo começou a se agitar e ele passou a dançar, ainda sentado.
Ele começou a fazer movimentos agitados com os braços, chamando a atenção dos presentes.
Tony, que estava sentado ao seu lado, perguntou:
“Roge, você está bem?”
“E-eu não sei o que está acontecendo comigo, Tony! Meu corpo não me obedece, eu... eu preciso dançar!”
Roger se levantou da cadeira e começou a dançar, em um canto da sala, deixando seus colegas atônitos, e o General de olhos arregalados.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:07 am

V

A música continuava e Roger dançava sem parar na frente de todos.
“Mas o que você pensa que está que fazendo?” Disse o general, muito nervoso.
“Eu sinto muito, Senhor, mas não consigo parar!” Falava o Major Healey, desesperado.
O general estava vermelho de raiva, enquanto todos olhavam, sem dizer uma só palavra.
Olhando para a cara de ira do general, nem mesmo Tony se arriscava a defender o amigo.
A música acabou e Roger finalmente conseguiu parar de dançar.
Ele sentou-se em sua cadeira, exausto.
“Ah, ufa!” Exclamou, cansado.
Mal teve tempo de se recuperar quando o general Schaeffer se esbravejou, aproximando-se dele:
“Levante-se agora mesmo!” Disse ele.
O Major Healey levantou, ficando em sentido de atenção e general falou:
“Aguarde Major, porque mais tarde teremos uma longa conversa, entendeu?” Ele agora falava em tom baixo e ameaçador.
“Mas Senhor, eu não o que houve, eu...”
“Já chega! Sente-se e fique quieto! Espero que não se atreva a fazer outro showzinho como esse, de novo. Para seu próprio bem!”
“Sim, Senhor!” Disse Roger, sentando-se, enquanto o General fazia o mesmo.
O general Thomas observava Roger, com grande interesse.

***

“O que deu em você, Roger?” Perguntou o Major Nelson.
Assim que terminou a entrevista, o Major Healey saiu rapidamente da sala, temendo o general Schaeffer. Tony foi atrás dele, em sua sala.
“Eu não sei! Quando me deu conta, estava dançando. Foi muito estranho, eu não tinha controle sobre o meu próprio corpo. Não entendo o que houve!”
O Major Nelson, que estava andando de um lado para o outro na sala, parou de repente:
“Claro! Isso só pode ser coisa de Jeannie!”
“Jeannie?”
“Sim. Ela estava preocupada com você e queria ajudá-lo. Sabemos muito bem o que acontece quando ela resolve ajudar!”
Roger ia falar, quando um oficial entrou na sala.
“Major Healey, o general Schaeffer deseja vê-lo imediatamente.”
“Oh, não! Agora estou morto!” Disse Roger.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:08 am

VI

“Você passará seis meses em nossa base, no Polo Norte!” Disse o general para o Major Healey.
“Senhor, por favor, me deixe explicar!”
“Não há explicação para o seu comportamento vergonhoso e ridículo!”
“Eu peço que reconsidere Senhor! Ele não fez isso de propósito!” Disse o Major Nelson, defendendo o amigo.
“Saia Major Nelson!” Disse o general Schaeffer. “Eu disse que queria falar somente com Healey, não sei o que você também faz aqui!”
“Senhor, eu preciso que me escute! O Major Healey fez aquilo porque...”
“Não há explicação para o que ele fez, Nelson!” Os gritos do general podiam ser ouvidos do outro lada da base. “É melhor que não se meta nisso, ou fará companhia para Healey!”
Tony se calou, olhando para o Major Healey com pena. Não havia nada que ele pudesse fazer para ajudá-lo, o general estava furioso.
Nesse momento, o general Thomas e o Dr. Bellows entraram na sala do general Schaeffer.
“Foi muita gentileza sua pedir para que o Dr. Bellows me acompanhar em um tour pela base, amigo!” Disse Thomas, ao general Schaeffer.
“O prazer foi meu!”
O general Schaeffer olhou para Tony e Roger e disse:
“Vocês estão dispensados!”
Conformados, eles iam saindo da sala, quando o general Thomas disse:
“Ora, esse não é o dançarino? Espere um momento, quero falar com você!” Disse, olhando para o Major Healey.
“Não precisa se preocupar com ele, Thomas, ele já recebeu sua punição por seu comportamento ultrajante!”
“Puni-lo? Como você pode pensar nisso? Ele é um artista nato! Nunca vi nada igual! Ele será sem dúvida o vencedor do concurso de dança, que irá acontecer dentro de um mês!”
“Concurso de dança?!” Falaram os presentes, todos juntos.
“Todos os anos, minha filha promove um concurso de dança, para descobrir talentos. E o dinheiro arrecadado com os ingressos dos que vão assistir, é doado a uma instituição de caridade. Será uma grande honra que entre os dançarinos esteja também um militar.”
“Eu não sei se isso é uma boa ideia Thomas...” Disse o general Schaeffer, hesitando.
“É uma ótima ideia, general! Trará uma publicidade positiva para a NASA!” Disse o Dr. Bellows, apoiando a ideia.
“Sim, acho vocês têm razão! E o que acha disso Major Healey?” Perguntou o general Schaeffer.
“Bem Senhor, eu não acho uma boa ideia...”
“Prefere passar seis meses no Polo Norte?”
“É uma ótima ideia, Senhor!” Disse Roger, rapidamente.
“Então irei agora mesmo inscrevê-lo!” Disse Thomas, contente.
Tony e Roger saíram da sala e o Dr. Bellows os alcançou no corredor.
Olhando para o Major Healey, disse:
“Eu apoiei essa ideia do concurso para que não fosse punido Major...”
“Muito obrigado, Senhor!” Disse Roger.
“Mas o seu comportamento na sala de reuniões não foi normal. Depois quero que vá a minha sala, para conversarmos sobre esse seu impulso incontrolável de dançar! Até mais!” E ele se foi.
Roger olhou para Tony com cara de angústia.
“Ótimo, além de ter que bancar o dançarino, passarei horas sendo analisado pelo Dr. Bellows. Que maravilha!” Disse ele, sentindo pena de si mesmo.
“Ah, Jeannie! Mais uma de suas encrencas! Mas ela vai me ouvir!” Disse o Major Nelson ao amigo.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:10 am

VII

Tony já estava no estacionamento da NASA, quando o Major Healey o alcançou.
“Espere Tony! Eu vou com você ver Jeannie. Quero saber exatamente o que ela fez comigo.”
“Então vamos logo, Roge!” Eles entraram no automóvel e seguiram em direção à casa do Major Nelson.
Eles passavam de carro pelas ruas da Praia dos Cocos, quando em um cruzamento, o sinal ficou vermelho, fazendo Tony parar.
De um lado da rua, havia uma lanchonete, que tocava uma música alta. Assim que ouviu o som, Roger imediatamente começou a dançar, dentro do carro.
“Oh, não! De novo, não!” Disse ele.
“Roge?!” Tony o olhava assustado.
O sinal abriu e o Major Nelson seguiu em frente, tentando se afastar rapidamente do local onde tocava a música, mas o Major Healey pediu desesperado:
“Tony, pare o carro! Depressa!”
“Mas Roge...”
“Depressa!”
O Major Nelson freou o carro bruscamente, enquanto o Major Healey saia do carro e corria dançando para o local de onde vinha a música.
Tony estacionou o automóvel e saiu correndo atrás do amigo.
Roger Healey dançava em frente à lanchonete, começando a chamar a atenção dos clientes do lugar e das pessoas que passavam na calçada.
Uma garçonete saiu de dentro do estabelecimento, para ver mais de perto o Major Healey dançando.
“Uau, como ele dança bem! E que passos modernos!” Comentou a moça com uma das clientes, que também tinha ido vê-lo dançar.
Tony chegou onde Roger estava e falou:
“Roge, pare com isso! Vamos embora!” O Major Nelson estava começando a ficar envergonhado pelo amigo.
“E-eu não consigo parar!” Ele dançava cada vez mais!
Um grupo de hippies, que passavam pelo lugar naquele momento, gostou da dança e parou pra assistir, formando um círculo ao redor do Major Healey.
“Cara, ele é o bicho!” Disse um deles.
“Ei, a dança dele é muito maneira! Vamos dançar também!” Falou outro.
Os hippies começaram a imitar os movimentos de Roger, enquanto o Major Nelson olhava aflito.
“Ah, não! Isso já foi longe demais!”
“Tony, por favor, faça alguma coisa!” Implorou o Major Healey, começando a ficar cansado.
O Major Nelson se aproximou da garçonete e pediu:
“Por favor, pare a música, agora!”
“Nem pensar!” Disse ela. “Olha só o sucesso que a lanchonete está fazendo. Está começando a juntar muita gente!”
“Te dou dez dólares para parar a música!” Falou Tony.
“Cinquenta!”
“Cinquenta?!”
“É pegar ou largar!”
“Está bem, toma!” O Major Nelson abriu a carteira e deu o dinheiro para moça.
A garçonete pegou o dinheiro e entrou na lanchonete, desligando a música.
“Ahhh, quem desligou a música?” Reclamaram os hippies.
O Major Healey parou de dançar, quase caindo de cansaço.
“Vamos embora logo daqui!” Disse o Major Nelson, arrastando o Major Healey para o carro.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:13 am

VIII

“Como pôde fazer isso, Jeannie?” Disse Tony. Ele mal podia acreditar que tinha chegado inteiro em casa, com o Roger.
“Mas Anthony, eu só queria ajudar o Major Healey!”
“Ajudar-me? Eu quase fui transferido para o Polo Norte!” Falou o Major Healey.
“Polo Norte?!” Disse a gênia.
“Sim, Jeannie. Você tem ideia do que fez? Roger não pode ouvir uma música, que sai dançando feito louco!” Tony comentou.
“Oh, céus! Não pode ser... Eu somente pisquei para que ele desenvolvesse a habilidade de dançar, mas ele deveria fazer isso apenas quando quisesse!” Falou a gênia, pasma.
“Mas você piscou errado e Roger acabou dançando na frente todos os oficiais. O general Schaeffer ficou furioso!” Disse o Major Nelson.
“Isso mesmo! Por sorte, o general Thomas gostou da minha dança e me salvou de ser transferido. Mas agora terei que participar de um concurso de dança!”
“Um concurso de dança? Uau de ser bem divertido!” Falou a gênia animada.
“Jeannie!!!” Tony a repreendeu. Será que ela não tinha se dado conta do problema que eles tinham se envolvido?
A gênia ficou séria e um pouco envergonhada.
“Desculpe, amo! Devo tirar o feitiço?”
“Sim. Vamos acabar com isso de uma vez!”
Ela ia cruzando os braços, quando Roger disse:
“Espere! Mas se ela tirar o feitiço, como farei para dançar bem no concurso?”
“Nós pensaremos em algo. Um pé torcido, um acidente, ou qualquer outra coisa. Mas você não pode continuar desse jeito, dançando sempre que ouve uma música!” Falou o Major Nelson. “Além disso, o Dr. Bellows está de olho em você e temos que ter muito cuidado!”
“Está bem! Vá em frente, Jeannie!” Disse Roger.
Jeannie cruzou novamente os braços e piscou.
“Pronto?” Perguntou Roger.
“Acho que sim, Major Healey!”
“Temos que fazer um teste. Jeannie ligue a música, por favor!” Falou Tony.
Jeannie piscou e começou a tocar uma música árabe.
“Não esse tipo de música!” Disse Tony, balançando a cabeça.
A gênia deu de ombros:
“Música é música!” Falou ela.
Eles voltaram suas atenções para Roger, ao perceberem que ele começava a dançar.
O Major Healey começou a fazer movimentos lentos com os braços, deixando Jeannie e Tony de olhos arregalados.
“Oh, nossa!” A gênia piscou várias vezes tentando tirar o feitiço, mas não funcionava. “Ai, acho que não consigo tirar o feitiço!”
“O quê?!” Disse Tony, sem acreditar.
“Pare a música!” Gritou Roger. “Antes que eu comece a dançar como uma odalisca!” Ele já estava começando a fazer movimentos com o corpo.
Jeannie piscou, desligando a música.
“Não acredito nisso!” Roger balançou a cabeça e sentou-se no sofá, um pouco envergonhado pelo seu último número de dança.
Mesmo preocupado e nervoso como toda essa situação, o Major Nelson teve que abafar o riso, por ver seu amigo fazendo a dança do ventre.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:15 am

IX

“Calma, Major Healey! Eu vou agora mesmo falar com mamãe, para descobrir como se tira esse feitiço!” Jeannie consolava o Major Healey.
“É melhor que vá mesmo, Jeannie!” Disse Tony, meio irritado. “Temos resolver esse problema!”
“Está bem. Eu não demoro, amo!” Ela deu um rápido beijo no seu marido e piscou, desaparecendo.”
“Ah, eu não vejo a hora de me livrar disso! Nunca pensei que detestaria dançar!” Falou Roger.
“Eu sinto muito por isso, Roge! Mas você sabe como é a Jeannie! Ela ficou com pena porque aquela garota não queria fazer de você e quis ajudá-lo. Apesar de ser claro que ela ia nos me meter em problemas, ela não fez por mal!” Desculpou-se Tony, defendendo a esposa.
“Tudo bem! Eu sei que ela queria me ajudar e agradeço por isso! Mesmo tendo acontecido toda essa encrenca!”
“Obrigado, Roge, por entender!” O Major Nelson sorriu.
Eles ficaram algum tempo em silêncio, quando o Major Healey falou de repente:
“Oh, como não pensei nisso antes?! Agora eu sou um dançarino e a Laura vai se interessar por mim! Espere! Quem precisa de Laura?! Com essa habilidade eu posso ter as garotas que quiser. Elas vão ficar doidas por mim!”
“Como é?!” O Major Nelson estava estupefato.
O Major Healey continuava falando, com olhar sonhador.
“Oh, vou agora mesmo ligar para todas as garotas, para irem me assistir! Oh, e quem será minha parceira de dança? Já posso imaginar em alguma linda garota!” Ele se virou para o Major Nelson e disse: “Esqueça o antídoto, eu quero dançar!” Ele saiu correndo em direção à porta.
“Roger! Roge espere! Você não pode sair por aí desse jeito!”
“Não se preocupe, Tony. Pegarei um taxi, no fim do quarteirão!”
Ele saiu correndo e saltitando com uma criança
“Ei Roger, volte aqui!” Tony ia segui-lo, quando Jeannie, que tinha acabado de chegar, segurou seu braço.
“Já estou de volta, Anthony!”
Tony desistiu de ir atrás do Major Healey e fechou a porta.
“E aí, conseguiu o antídoto?” Perguntou ele.
“É... bem... Não!”
“Como não?!”
“É que... quando eu lancei o feitiço eu tinha me esquecido de um detalhe, que minha mãe me fez lembrar hoje!”
“Que detalhe?”
“Para esse tipo de magia não há antídoto, porque ela é temporária.”
“Temporária? Quer dizer que ela vai se acabar sozinha?”
“Sim, Anthony!”
“E quando?”
“Acredito que no máximo em duas semanas!”
“Duas semanas?!” Gritou Tony. “Como vamos conseguir controlar o Major Healey? Ainda mais agora que ele passou a gostar da ideia de ser dançarino e está como um maluco!”
“Bem, eu não sei...” Falou Jeannie.
Tony respirou fundo, sentou-se em uma das poltronas e falou:
“Acho que não tem jeito! Terei que vigiar Roger para que ele não se meta em encrencas, principalmente no concurso de dança.”
“Então nós iremos assisti-lo dançar?”
“Não! Isso não será suficiente! Vamos ter que participar do concurso também, para podermos ficar mais perto dele.”
“Ah, que ótima ideia!” A gênia ficou muito contente. “Eu posso piscar e fazer de você o melhor dançarino do mundo e eu...”
O Major Nelson rapidamente levantou do sofá e segurou os braços de Jeannie.
“Não! Nem pensar!”
“Mas amo...”
“Já não basta todos os problemas que causou com Roger?” Disse ele, sério e olhando firme para ela: “Escute bem, Jeannie: Nós participaremos desse concurso apenas para vigiar Roger e usando nossas habilidades naturais. Quero que me prometa que não vai fazer nada referente a isso!”
“Está bem, amo! Eu prometo que não vou mais usar meus poderes para fazer alguém dançar!” Disse ela solenemente e levantando uma das mãos.
“Está bem, Jeannie!” Vou agora mesmo falar com o general Thomas e descobrir com posso nos inscrever para o concurso.
Tony saiu e Jeannie deu largo sorriso. Mal podia esperar para que o concurso começasse e ela dançasse com seu amo! “Ah, será perfeito!” Pensava ela.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:17 am

X


Jeannie observava em um canto da casa, seu marido assistindo televisão, na sala.
Ele estava sério e com a expressão cansada.
Seu amo ainda estava um pouco bravo com ela, por causa do que houve com o Major Healey e ela não suportava quando ele ficava assim com ela.
Tony já havia os inscrito no concurso, que começaria no dia seguinte e eles nem tinham treinado ainda.
Haveria estilos de dança diferentes e os três melhores casais, disputariam entre si, no final do concurso.
A gênia se aproximou do marido, se inclinou e deu um beijo no rosto dele.
“Ainda está chateado comigo?”
“Ah, Jeannie, por que você faz essas coisas? Eu não disse pra você não se meter nisso?” Tony suspirou. “Fui ver como estava Roger. Ele estava em seu apartamento dançando sozinho, enquanto convidava pelo telefone, todas as garotas que podia, pra vê-lo dançar. Nem se lembrava mais da tal dançarina!”
“Não acredito! Depois de tudo que eu fiz pra que ele fosse aceito por ela!” Disse Jeannie.
“O Roger é assim! Por isso eu te pedi pra não se envolver! Não tive um só instante de descanso na base, pra garantir que ele não se metesse em problemas. E ainda teremos muito trabalho pra vigiá-lo no concurso e até que o feitiço desapareça!”
“Ah, amo! Eu sinto muito!” Ela deu-lhe um beijinho. “Você me perdoa?”
Ele sorriu e começou a puxá-la para o seu colo.
“Vem cá!” Disse o Major Nelson e Jeannie sentou-se no colo dele. “Está tudo bem. Já estou acostumado com seus desastres!” Ele lhe deu um beijo. “Mas, por favor, evite fazer isso outra vez!”
“Sim, Anthony, eu prometo que não irei me envolver em outra confusão!” Ela o beijou.
Tony sabia que ela não cumpriria sua promessa e ele logo teria outro problema para se preocupar, mas não importava.
Assim era Jeannie. E apesar de tudo, ele amava seu bom coração.
Eles ficaram algum tempo curtindo um ao outro, quando a campainha tocou.
Mesmo sem muita vontade, a gênia foi atender. Era Amanda Bellows.
Ela cumprimentou Jeannie e Tony, entrando entusiasmada na casa.
“Eu soube que vocês irão participar do concurso de dança, assim como o Major Healey!” Disse ela.
“É... bem... sim, Senhora Bellows!” Disse Tony, não gostando muito que ela soubesse disso.
“Bem, eu vim aqui para contar uma novidade pra vocês: Alfred e eu também iremos participar do concurso!”

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:18 am

XI

“Vo-vocês vão participar do concurso?” O Major Nelson não esperava por essa. Era tudo o que ele precisava! Além de ter que vigiar o Roger, teria que se preocupar com o Dr. Bellows de olho neles.
“Sim! Não é maravilhoso, Major? Estou muito entusiasmada!” Disse Amanda Bellows.
“Eu pensei que o Dr. Bellows não tivesse interesse em participar do concurso!” Falou Tony.
“Ele não tem, mas eu o convenci. Bom, eu só vim aqui para contar a novidade, tenho que ir agora! Veremos-nos no concurso! Até mais!”
“Até mais, Sra. Bellows!” Disse Tony.
“Tchau, Sra. Bellows!” Jeannie também se despediu. E ela se foi.
Jeannie se aproximou do Major Nelson, alegre:
“Não é legal, amo? Os Bellows também vão participar do concurso!”
“Não, Jeannie, não será nem um pouco legal! O Dr. Bellows está bem desconfiado dessa capacidade e impulso repentinos do Roger de dançar e ficará de olho nele. E sem dúvida, em mim, também!” Falou Tony, preocupado.
“Não se preocupe, Anthony, você verá que vai dar tudo certo!”
Ele bem que queria acreditar nisso, mas já podia imaginar os problemas que o aguardava.

***

No dia seguinte, Tony esperava Jeannie terminar de se arrumar. O Major Nelson trajava uma costumeira calça social e uma camisa sem gravata, com um botão aberto. Era uma roupa confortável pra dançar e para vigiar Roger. Não havia necessidade de se arrumar muito. Afinal, ele não estava nem um pouco interessado em vencer o concurso.
Tony estava perdido em seus pensamentos, quando Jeannie apareceu na sala:
“Estou pronta, amo!”
O Major Nelson voltou sua atenção para a esposa e ficou boquiaberto com o que viu.
Jeannie estava com um vestido azul, frente única, justo na cintura, rodado embaixo e com generoso decote. Seu cabelo estava solto e havia presilha de flor o enfeitando. Ela estava linda!
“Uau, você está maravilhosa, querida!” Disse o Major Nelson, encantado.
“Obrigada, querido!”
Ele se aproximou dela, ofereceu o braço e disse:
“Vamos?”
“Sim, amo!” Disse a gênia contente, segurando o braço do marido.
E eles foram para o concurso.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:19 am

XII


Tinha muitas pessoas no local do concurso. O lugar era amplo e por todos os cantos havia faixas e fitas coloridas enfeitando o ambiente.
Para os que estavam ali somente como espectadores, foram colocadas mesas e cadeiras nas laterais. Assim, todos poderiam apreciar o concurso confortavelmente.
Havia também uma mesa comprida, com quatro cadeiras e com melhor vista para o centro do salão. Nela sentariam os jurados, que avaliariam os casais dançarinos.
O Tony e Jeannie andavam pelo lugar, procurando o Major Healey.
“Temos que ficar próximo dele, Jeannie, para vigiá-lo!” Disse Tony.
“Ah, amo, vai ser difícil ficar de olho nele, enquanto estivermos dançando. Além disso, acho que você está exagerando. Ele simplesmente dançará bem, talvez ganhe o concurso e tudo ficará tranquilo de novo!”
“Não estou tão certo disso! Pela experiência que eu tenho nesses desastres, posso prever que vai acontecer alguma coisa durante a competição. E se algo estragar esse concurso teremos que enfrentar a ira de dois generais! Não quero nem pensar nisso! Portanto, é melhor ficar próximo do Roger.”
“Está bem amo, vamos procurá-lo!”
Eles passavam pelas pessoas, a procura do Major Healey, quando encontraram o Dr. Bellows e sua esposa.
“Major Nelson, Jeannie, como estão? Que bom encontrá-los!” Disse o Dr. Bellows.
O casal sorriu e o cumprimentou.
“Você está muito bonita, Jeannie!” Falou Amanda Bellows. E olhando o Major Nelson de cima a baixo, comentou: “Você também Major Nelson, está excelente!”
Jeannie agradeceu o elogio e Tony disse:
“Obrigado, Senhora Bellows! Vocês dois também estão ótimos!”
“Obrigada, Major! Estou muito entusiasmada com o concurso! Alfred e eu, até ensaiamos um pouco!” Disse a Sra. Bellows.
“É isso mesmo!” Confirmou o Dr. Bellows. “Eu não queria participar, mas agora também estou animado! Olhem só os meus passos modernos!”
O psiquiatra, dando uma demonstração de sua dança, começou a mover o corpo, inclinando-se um pouco pra trás e agitando os braços.
Jeannie teve que segurar uma risada. Era tão engraçado, que até o Major Nelson teve dificuldades para controlar o riso.
“Tenho certeza que fará sucesso, senhor!” Disse ele, divertido.
“Ai, Alfred, não foi assim que ensaiamos! Espero que na hora certa, você saiba dançar direito!” Disse Amanda Bellows.
“Por acaso vocês não viram o Major Healey?” Perguntou o Major Nelson, aos Bellows, lembrando-se que não podia perder tempo ali.
“Sim Major. Ele está do outro lado do salão, com sua parceira de dança. Já está convidando todo mundo para uma festa em seu apartamento, depois que ele vencer o concurso!” Disse o Dr. Bellows balançando a cabeça.
“Hehe, bem, o Major Healey é bem confiante!” Disse Jeannie, para disfarçar.
“É verdade!” Concordou o Major Nelson. “Bom, se vocês nos der licença, vamos falar como ele. Até mais!”
Sem esperar a resposta dos Bellows, Tony pegou na mão de Jeannie e saiu dali com ela, atrás de Roger.
Eles o encontraram. O Major Healey estava falando com um dos jurados:
“Preste bem atenção, você terá a honra de ver o melhor dançarino do mundo se apresentar aqui, pode ter certeza que será algo que jamais vai esquecer. E você está convidado para a festa da vitória que eu darei no meu apartamento, depois do concurso.”
O jurado respirou fundo e saiu, sem nada dizer.
O Major Nelson olhou para a esposa, balançou a cabeça e falou:
“Ah, esse Roger! Isso vai ser pior do eu imaginava!”

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:20 am

XIII

“Roge, o que está fazendo? Você não deve chamar toda a atenção pra você! E se alguém desconfiar de você e de todo esse talento?” Disse o Major Nelson, preocupado com o exibicionismo de Roger.
“Ah, Tony! Uma habilidade como essa não pode ficar escondida. Além disso, todos estão encantados com a minha disposição e porte físico!” O Major Healey ficou ainda mais agitado e falou: “Rapaz! Você viu o monte de garotas que vieram me assistir?” Roger apontou para um lado, onde havia um grupo de mulheres olhando pra ele. Roger Healey acenou pra elas, que responderam com sorrisos.
“Roge, isso é sério! O feitiço que Jeannie lançou em você, pode acabar de uma hora pra outra. E você terminará com um grande problema!” Falou Tony.
“É verdade, Major Healey!” Disse a gênia. “Você pode acabar se atrapalhando na hora da dança!”
“Isso não vai acontecer. Eu sou ótimo e nada vai mudar isso!” Falou Roger.
Nesse momento, uma bonita moça se aproximou deles sorrindo e o Major Healey a apresentou:
“Tony, Jeannie, quero que conheçam minha parceira de dança, Julia.”
A bela morena cumprimento o casal, que a saudaram de volta.
“Ela não é maravilhosa?” O Major Healey segurava a mão de sua parceira. “Seremos, sem dúvida, o melhor casal!”
Jeannie e o Major Nelson reviraram os olhos.
“Agora, se não se importam, Julia e eu vamos dar uma volta pelo salão. Do outro lado, há alguns fotógrafos. Quero que eles tirem umas fotos de nós. Até logo!” Disse Roger Healey, afastando com Julia.
Tony e Jeannie tentaram ir atrás deles, mas os perderam de vista no meio das pessoas.
“Não podemos se afastar dele!” Disse Tony.
“Eu sei amo, mas vai ser difícil nos aproximarmos!”
No mesmo instante, um homem próximo à mesa dos jurados, pegou um microfone e pediu para que todos os casais se posicionassem no meio do salão e que os convidados tomassem seus lugares, para não atrapalhar o andamento do concurso.
Aos poucos todos foram para seus lugares, entre eles os generais Schaeffer e Thomas, que estavam empolgados com o evento.
O locutor deu as instruções aos participantes:
“Bem, como vocês já sabem, analisaremos não só a técnica, mas a graça, a química e a versatilidade de cada casal. Como vocês foram informados, colocaremos alguns estilos de música diferentes e os três casais que se saírem melhor, disputarão entre si, até que tenhamos um casal vencedor.”
Todos os casais prestavam o máximo de atenção, querendo vencer o concurso.
Jeannie e o Major Nelson finalmente avistaram Roger, mas ele estava bem afastado.
Quando o casal tentou se aproximar dele, o locutor anunciou:
“Vocês estão prontos? A competição começa agora!”
Foi colocada a primeira música e os casais começaram a dançar.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:21 am

XIV

A primeira música era uma valsa. Os Nelson iniciaram a dança, mas Tony não tirava os olhos do Major Healey.
“Vamos tentar nos aproximar dele, enquanto dançamos.” Disse ele.
Jeannie respirou fundo, ficando um pouco irritada.
Era maravilhoso dançar com seu amo, ainda mais aquele estilo de dança tão romântico. A última vez que tinha dançado uma valsa com ele, fora em seu casamento.
Mas já estava ficando cansada de ter que bancar a babá do Major Healey!
“Ah, Anthony, nada vai acontecer! Você verá! Por favor, já que estamos aqui, vamos aproveitar para nos divertir um pouco. Faz tanto tempo que não dançamos!”
“Mas querida...” Começou Tony.
“Por favor!” Cortou-lhe Jeannie. “Não se preocupe tanto!”
O Major Nelson assentiu sorrindo e se concentrou apenas em dançar com ela.
Mesmo não sendo muito bom pra dançar, Tony sentia que estava flutuando quando dançava com sua esposa.
Os dois não eram dançarinos profissionais, mas sem dúvida se destacavam entre os demais, pela beleza, desenvoltura e carisma que possuíam naturalmente.
O Major Healey e sua parceira também atraíram a atenção dos jurados e dos convidados.
Roger dançava com excelência e mesmo que Julia não fosse tão boa quanto ele, conseguia acompanha-lo perfeitamente.
Os dois rodopiavam pelo salão habilmente e com grande elegância.
Em compensação, os Bellows não pareciam ter a mesma aptidão.
Mesmo com muito esforço, eles não conseguiam dançar muito bem e algumas vezes, até esbarravam-se nos outros casais.
“Cuidado, Alfred!”
“Sinto muito, Amanda! Mas eu nunca fui muito bom pra dançar valsa.”
“Não me diga! Se você não tivesse me dito isso, eu nem teria notado!” Falou a Sra. Bellows sarcasticamente. “Ai! Não pise no meu pé!”
“Desculpe-me, Amanda...”

***

Depois de vários minutos de valsa, o ritmo foi trocado por salsa.
O Major Nelson e a Jeannie riram, tentando seguir a música.
“Haha, eu não sei dançar salsa!” Disse Tony, tentando acompanhar a sua esposa. Jeannie estava dançando muito bem!
“É fácil, amo! Veja como eu faço!”
O Major Nelson riu ainda mais, pensando que era quase impossível acompanhar o ritmo dela. Mas ele não podia negar que estava gostando muito da maneira como ela mexia os quadris.
Do outro lado do salão, o Major Healey dançava freneticamente, se divertindo muito e amando a maneira como todos olhavam pra ele.
Porém, ele percebeu que algo estranho estava acontecendo com seu corpo. No momento seguinte, ele começou a errar os passos e quase derrubou sua parceira.
“Ai, Roger!” Disse ela.
“Eu sinto muito, não sei o que houve!” Disse ele.
Algo muito errado estava acontecendo.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:21 am

XV

Aos poucos, o corpo de Roger passou a ficar descontrolado e ele começou a fazer estranhos movimentos com os braços e pernas.
“Roger, o que está fazendo? A dança não é assim!” Reclamou Julia.
“E-eu sei, mas não consigo me controlar!” O Major Healey pegou a mão de sua parceira, fazendo Julia girar diversas vezes e a soltou de repente.
Julia, completamente tonta, perdeu o equilíbrio e esbarrou com força em um dos casais, fazendo a mulher cair e torcer o pé.
“Eu sinto muito!” Disse a parceira de Roger, visivelmente chateada.
A mulher caída começou a gritar enraivecida e pediu a seu parceiro para tirá-la da pista.
Mesmo com o incidente, o concurso continuou, mas Jeannie e Tony se olharam, assustados.
“Você viu isso?! Eu sabia que não podia confiar. Os desastres começaram!” Disse Tony.
“Oh, céus! Acho que antes do feitiço desaparecer, ele deve causar algum tipo de efeito colateral! O Major Healey vai perder por completo o controle do corpo!”
“Vai perder?!” Falou Tony, irritado. “Olhe pra ele, Roge já está completamente sem controle!”
O Major Healey continuava dançando de forma esquisita e já havia esbarrado em vários casais.
“Pare com isso!” Gritava Julia, ficando furiosa com seu parceiro.
“Já disse que não posso!” Falou ele, desesperado.
“Seu babaca!” Esbravejou Julia, dando um tapa na cara de Roger e saindo do salão.
“Espere Julia! Não vá embora!”
O Major Healey bem que tentou ir atrás dela, mas seu corpo não o obedecia.
“Ohh, o que eu vou fazer agora?” Pensava ele.
O Major Nelson e a Jeannie faziam o possível pra se aproximar de Roger, mas ele dançava sozinho de um lado pra outro.
“Devemos correr atrás dele, amo?” Perguntou Jeannie.
“Não, Jeannie! Se pararmos de dançar e começarmos a correr atrás de Roger, a confusão será ainda maior!”
“Então o que vamos fazer? Ele para quieto!”
“Pisque para ver se ele volta ou normal!” Disse Tony.
“Eu vou tentar, amo! Mas acho que não vai adiantar!”
A gênia piscou e como previra nada aconteceu.
Roger continuava dançando loucamente e atrapalhando os outros casais.
Os jurados olhavam com olhos arregalados, sem entender o que acontecia.
Um dos organizadores do evento falou com a filha do general Thomas, perguntando se deveriam fazer uma pausa no concurso para tirar aquele maluco, que atrapalhava a competição.
“Não! Devemos continuar!” Disse ela. “Vamos ver como os casais se saem em situações adversas. Além disso, os convidados estão se divertindo. Devem pensar que fizemos isso de propósito. Diga aos jurados que continuem avaliando!”
Acatando a ordem da anfitriã, o concurso continuava.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:22 am

XVI

O estilo musical mudou de novo e agora era tango.
Depois que o Major Healey trombou, derrubou e machucou acidentalmente vários casais, só havia sete deles no salão.
Mesmo assustados com os acontecimentos, os casais não desistiam do concurso, ainda com a esperança de vencer a competição.
O general Thomas ficou confuso e perguntou ao general Schaeffer:
“Que estranho! Será que isso já estava previsto no concurso?”
“Eu não sei! Mas assim que a competição terminar, o Major Healey vai me ouvir. Esse não é um comportamento adequado de um oficial! Ele está ridicularizando a todos nós!” O general Schaeffer começava a se irritar.
Jeannie e Tony dançavam, quando o Major Healey aproximou-se rapidamente deles. Ele ia chocar-se com Jeannie, mas o Major Nelson foi mais rápido e a puxou para si bruscamente, sem perder o ritmo da dança.
“Uau! Essa foi demais, amo!” Falou a gênia, admirada com a agilidade do seu marido.
“Desde que conheci você, me tornei mestre na arte de improvisar!” Disse Tony. “Mas temos que encontrar um jeito de pará-lo!”
“Acho que não podemos, amo! Vamos ter que torcer para que a competição acabe logo!” Falou a gênia, vendo que o Major Healey se afastava de novo.
Os Bellows perceberam o que estava acontecendo, mas continuaram dançando. Tentavam ficar a todo custo longe do Major Healey.
“O que será que deu nele? Está agindo como um louco!” Disse Amanda Bellows.
“Eu não sei! Mas pode ter certeza que passarei muitas horas com ele, o analisando, na próxima semana.” Falou o Dr. Bellows.
Nesse momento, o Major Healey se aproximou deles, ainda dançando de forma animada e estranha.
Roger separou o casal e começou a dançar tango com o Dr. Bellows.
“Ei, o que está fazendo, Major?” Reclamou o psiquiatra, tentando se livrar dele. “Solte-me já!”
“Sinto muito, senhor! Mas não consigo parar!”
Roger levava o Dr. Bellows para o centro do salão, ainda dançando com ele.
A Sra. Bellows correu atrás deles, mas acabou tropeçando e esbarrando em um casal.
Buscando equilibrar-se, ela segurou na roupa de uma das dançarinas, que acabou rasgando.
A pobre moça ficou seminua no salão e saiu correndo para um dos banheiros. Conformado, seu parceiro de dança também se retirou da pista.
Depois de tudo o aconteceu, só restava agora quatro casais, contando com os Bellows e os Nelson.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:24 am

XVII

Vendo que as coisas estavam totalmente fora de controle, os donos do evento resolveram parar a música.
Roger finalmente soltou o Dr. Bellows.
“Mas o que deu em você afinal, Major Healey?” Perguntou o psiquiatra.
Amanda Bellows se aproximou do marido:
“Ah, Alfred, que vergonha nós passamos! Esqueça o concurso, vamos pra casa!”
“Mas Amanda, algo estranho está acontecendo aqui!” No mesmo instante, se aproximaram Jeannie e o Major Nelson e o Dr. Bellows completou: “Claro! O Major Nelson sempre tem que estar por perto, quando algo estranho acontece!”
Tony deu somente uma risadinha nervosa e sem humor.
“Eu não me importo, Alfred!” Disse a Sra. Bellows. “Vamos embora daqui, agora!” Ela exigia.
“Está bem, vamos!”
O psiquiatra deu um olhar de advertência para o Major Healey e para o Major Nelson, querendo dizer que ficaria de olho neles e saiu com a esposa.
Roger pôs a mão na cabeça, angustiado e falou:
“Oh, Tony, agora estou perdido! Eu arruinei o concurso e os generais vão me matar. O que farei?”
Tony pensou rapidamente e disse:
“Por enquanto é melhor que você saia daqui, antes que as coisas piorem!”
“Sair? Mas e o concurso? E as garotas?”
“Como você mesmo disse, o concurso já está arruinado. E as garotas não devem estar mais interessadas em você, depois de tudo o que houve!” Disse Tony, apontando em direção ao grupo de convidadas do Major Healey, que o olhavam com cara de desaprovação.
Roger abaixou a cabeça, frustrado.
“Está certo! Mas o que farei para me desculpar com os generais?” Falou ele.
“Não vai adiantar você falar com eles agora, eles o matariam! Vá embora que eu vou pensar em alguma coisa pra resolver tudo!”
“Certo! Valeu, amigão!” Roger se despediu, saindo o mais rápido que podia.
Jeannie perguntou ao marido:
“Você já sabe o que vamos fazer?”
Tony a olhou com cara de desespero e falou:
“Não, mas temos que resolver isso!”

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:24 am

XVIII

Os casais restantes estavam no meio do salão, esperando para ver o que iria acontecer.
Havia um grande murmúrio dos convidados, que estavam ansiosos com a decisão dos jurados.
A filha do general Thomas pegou o microfone e falou para os presentes:
“Foi um grande prazer receber todos vocês nesse evento solidário! Estou muito feliz, porque conseguimos arrecadar uma quantia considerável para a nossa instituição, eu agradeço a todos!”
Ela foi aplaudida pelas pessoas que estavam lá, inclusive pelo general Schaeffer e por seu pai, o general Thomas, que já tinham se aproximado e agora estavam ao lado da moça.
A anfitriã continuou com seu discurso:
“Esse ano foi pra mim, o mais especial de todos! Já vi e participei de muitos concursos, mas nunca de um tão emocionante como esse!”
Os convidados ficaram surpresos com a declaração dela e o general Thomas comentou:
“Mas filha, o concurso foi um desastre, a maioria dos casais tiveram que sair do salão!”
“Isso mesmo!” Confirmou o general Schaeffer. “O Major Healey se comportou de forma vergonhosa!”
“Eu não penso assim! Será que não percebem?! O que ele fez foi muito bonito! Ele é um ótimo dançarino, mas desistiu de vencer a competição para instigar os casais a darem o melhor de si no concurso! E somente os mais fortes e ágeis conseguiram chegar ao final! O Major Healey foi maravilhoso!”
Todos bateram palmas em homenagem ao Major Healey. E o general Schaeffer passou de irritado para orgulhoso:
“Eu sempre soube que ele não nos decepcionaria! Nossos homens são bons em tudo o que propõem a fazerem!”
O general Thomas sorriu e concordou.
Jeannie e o Major Nelson ouviam tudo, tentando segurarem o riso.
O Major Nelson estava muito aliviado, pois nem precisou pensar em uma explicação.
“Onde está o Major Healey?” Perguntou a anfitriã. “Quero agradecê-lo pela forma espirituosa que conduziu o concurso!”
O Major Nelson se aproximou dela e falou:
“Ele já se foi!”
“Mas já?” A filha do general Thomas ficou um pouco desapontada. “Bem, mas eu entendo! Ele é tão humilde que não quis ficar para receber os agradecimentos!”
“É... foi exatamente por isso!” Falou o Major Nelson, com um tom de divertimento na voz.
“Nesse caso, está hora de anunciar o casal vencedor!” A anfitriã pegou um envelope com os jurados e anunciou:
“Quero parabenizar aos poucos casais que conseguiram chegar até aqui. Vocês foram incríveis! Mas apenas um casal demonstrou além de determinação, carisma, graciosidade e beleza suficientes para vencer. O casal vencedor é: Anthony e Jeannie Nelson.”
Jeannie o Major Nelson olharam-se de boca aberta, sem conseguir acreditar no que ouviam.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   Sab Maio 31, 2014 11:25 am

XIX

Jeannie e Tony receberam o troféu e foram aplaudidos por todos.
A gênia deu um beijo no marido e pulava, entusiasmada:
“Não acredito que vencemos!” Falava ela para seu marido.
Tony apenas ria, sem conseguir acreditar no desenrolar dos acontecimentos.

***

“Vocês venceram o concurso?” Disse Roger.
À noite, Roger tinha ido à casa dos Nelsons, pra saber o que tinha acontecido. E ficou impressionado como a história terminou.
“Sim, vencemos! E foi bem merecido, depois de tudo o que passamos!” Disse o Major Nelson.
“É, mas o general Schaeffer tinha que ficar com a nossa taça?” Reclamou Jeannie.
“Sim, querida, ele a queria pra deixar exposta no clube dos oficiais.”
“Bom, pelo menos tudo terminou bem!” Falou o Major Healey.
“Mais ou menos, Roger! O Dr. Bellows ainda quer que você faça uma análise com ele!” Falou Tony.
“Ótimo, agora vou passar o ano inteiro com ele no meu pé!” Suspirou Roger.
“Eu sinto muito, Major Healey, foi tudo minha culpa!” Disse Jeannie.
“Tudo bem Jeannie, você só quis me ajudar! E até que foi divertido dançar! Mas não faça mais isso, por favor!”
“Obrigada, Major Healey, prometo que não farei!” Falou a gênia, sorrindo.
“Falando nisso, o efeito do feitiço já passou?” Perguntou o Major Nelson.
“Sim. Já fiz o teste! Quando escuto alguma música, não saio dançando mais!”
“Que maravilha! Finalmente está tudo acabado!” Disse Tony, contente.
O telefone tocou e Jeannie atendeu.
“É pra você, Major Healey!”
Roger atendeu e falava animado, ao telefone. Ele desligou e disse aos amigos.
“Ohh, Laura ficou sabendo do que aconteceu no concurso e quer sair comigo! Não acredito! Jeannie será que você pode piscar e me transformar em dançarino de novo?”
“Como é?!” Jeannie não acreditava no tinha ouvido.
“Ah, pode ter certeza que ela vai te ajudar! Jeannie?”
O Major Nelson olhou para a esposa com cumplicidade e a gênia sorriu.
“Pode deixar, amo!”
Ela piscou e Roger foi mandado para um lugar distante, vestido de índio e fazendo a dança da chuva, com os integrantes de uma tribo.
“Jeanniee! Não era isso que eu queria! Tire-me daqui!” Ele dançava sem parar, enquanto começava a chover. “Ai, socorroo!”

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Não pare a música!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Não pare a música!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O EVANGELHO E O SERVO INÚTIL!...
» Aulas de música CCB-MJ de Maringá para todas as idades, sejam irmãos, irmãs, até para quem não for membro
» O Estado Após a Morte — O que acontece com a alma do cristão depois de sua morte física?
» Curso eletricidade básica em flash (Burgos Eletrônica)
» [Música] Qual a melhor música para si?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Humor-
Ir para: