Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 O melhor marido do ano - episódio alternativo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 468
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: O melhor marido do ano - episódio alternativo   Sab Mar 01, 2014 12:25 am

Título: O melhor marido do ano - episódio alternativo
Autor: strawberriesapples
Shipper: Major Nelson/Jeannie; Jeannie/o clone.
Gênero: Comédia/Romance/Drama (tem uma parte meio “dramática”...)
Advertências: Eu imaginei a associação mais... jovem, por assim dizer. Na reunião que a Jeannie vai, tem esposas mais jovens, e na minha cabeça, são elas que fazem parte da associação. Ah, e o ponto de vista é o da Jeannie!
A primeira fic com as taradas da AEO... =P
Censura / Classificação: PG-13
Capítulos: One-shot
Completa: Sim
Resumo ou uma promo: Sabemos que a Jeannie tinha *O* talento pra piscar clones do Major Nelson. E se ela tivesse trazido o clone "tarado" da primeira temporada de volta?


A reunião na Associação das Esposas dos Oficiais tinha ido bem, graças a Alá. Elas votaram em mim como secretária da atas e eu tinha que a tomar a ata da reunião do mesmo dia. Acontece que elas estavam dando o primeiro prêmio anual do bom marido. Elas entrevistariam os oficiais e os avaliariam por uma semana. O oficial que fosse mais útil, mais simpático e compreensivo iria ganhar o prêmio: duas semanas no Havaí! Isso seria fácil, fácil! “Oh, Anthony vai ganhar facilmente!”, Pensei imediatamente. “Ele tem tanta coisa para ser a compreensivo a respeito!”
Quando chegou em casa naquela noite, Anthony disse que iria trabalhar no XT4 por toda a semana! O que eu ia fazer?
A noite seguinte estava indo bem até que ouvi uma batida na porta. A associação! Elas me pegaram de surpresa! Eu disse a elas que ele não ia estar em casa durante toda a semana e elas ameaçaram tirar o seu nome da lista! “Isso não é justo! Anthony é também um bom marido!” Eu disse a elas que ele não estava na sala de estar especificamente - ele estava na cozinha! Eu não tinha outra saída senão piscá-lo lá. Mas quando cheguei lá para trazê-lo para a sala de estar ... ele estava dormindo em cima da pia! Eu tentei piscar para ele acordar, mas não consegui! As mulheres foram entrando na cozinha e eu fiz a primeira coisa que me veio à mente: eu pisquei um avental nele! Elas acharam estranho, mas depois expliquei que mesmo cansado, ele insistiu em lavar a louça para mim, porque ele era muito gentil e atencioso! Elas acreditaram, mas me disseram que viriam na noite seguinte, quando ele não estivesse tão cansado. Tentei dizer-lhes que ele estaria cansado durante toda a semana, mas elas me disseram que um marido deve ser alerta e atencioso e ameaçaram tirar o seu nome da lista de novo! “Alerta e atencioso. Oh, céus, isso vai ser mais difícil!” Eu voltei para a cozinha, joguei um beijo para Anthony e mandei-o de volta para o XT4.
Eram 7 horas da noite seguinte e eu ainda não sabia o que fazer! “Oh... Eu não posso te trazer de volta, você vai estar dormindo de novo, querido! Querido... Oh, por Alá! Já sei!!” E eu pisquei.
Lá estava ele, na minha frente. Alto e bonito como sempre. Exceto por um pequeno detalhe...
“Querida, já faz tanto tempo! Pensei que nunca mais a veria outra vez!” E começou a dar beijinhos na parte de trás da minha mão e no braço. Sim, ele estava de volta. Era uma ideia arriscada, mas que não poderia falhar.
Sabe, há 4 anos, para mostrar ao Dr. Bellows que o meu Amo estava pronto para um casamento, pisquei um... clone dele. Em primeiro lugar, eu tinha feito isso para mostrar a ele que ele poderia ser pelo menos um pouco mais romântico e mais tarde isso acabou virando uma coisa mais séria. Por fim, eu acabei aprendendo uma lição naquele dia e valeu à pena!
“Diga-me desta vez que vamos nos casar! Eu não posso suportar ficar mais longe de você...” disse ele, ainda beijando minha mão e braço.
“S-Somos casados...” eu disse, nervosa.
“Somos?! Isso é ótimo!”
Ele tinha um sorriso no rosto e continuou a agir como ele fazia na época: ele me segurou pela cintura e começou a beijar meu pescoço...
“A Associação das Esposas dos Oficiais vai estar aqui para vê-lo em poucos minutos!”
“E o que você quer que eu faça?”
“Em primeiro lugar, tire suas mãos das minhas coxas, por favor.”
“Mas não somos casados, querida?”
“Você não é o meu Amo!”
A campainha tocou e era realmente a Associação. Elas nos cumprimentaram e disseram que queriam ver An... Quero dizer, ele sozinho. Voltei para a cozinha.
Eu devo admitir, eu estava muito nervosa, primeiro porque era uma má idéia e segundo... meu pobre Amo! Não era justo com ele! Mas ele merecia ganhar! E nós passaríamos duas semanas maravilhosas no Havaí!

* Intervalo *
O Major Nelson começou a se contorcer na sua cadeira no XT4.
“Qual é o problema, Tony?”
“Eu não sei. É Jeannie.”
“O que tem ela?”
“Eu tenho a sensação de que ela está em apuros, ou algo assim.”
“Por quê?”
“Na noite que eu disse a ela que estaria aqui durante toda a semana, ela disse ‘oh não, essa semana não!’”
“O que você acha que ela quis dizer?”
“Eu não sei... ela me disse que não era nada.”
“Ah, então, ela provavelmente queria que você fosse ver alguns sapatos novos com ela ou algo assim.”
“Eu não acho que era isso, Roger.”
“Se eu fosse você, eu esqueceria disso. Jeannie está bem!”
Logo depois que o Major Healey disse aquelas palavras, uma Jeannie chorosa apareceu no colo de seu marido.
“Jeannie! O que você está fazendo aqui?”
“Oh, Amooo!”
“Tá vendo? Eu sabia que havia algo errado com ela”, ele disse a seu amigo. “Qual é o problema, querida?”
“Eu... fiz... uma coisa... ohhhh!” disse, entre soluços.
“O que você fez? Diga-me.” Ele colocou as mãos no rosto dela.
“Ohhhh!”, ela chorou mais.
“Jeannie, o que há de errado, querida?”
“Amo... eu... eu... Uaaaah!”
“Você está bem? Você está com dor?”
“Nããão!”
“Você... você quebrou alguma coisa!”
“Não...”
“Então, o que ...”
“Amo! Por favor, lembre-se de que eu te amo!”
“Claro! É claro! Eu também te amo!” Ele deu-lhe um beijinho para provar isso.
“Ohhh! Uaaah-hah-hah!”
De repente, ela piscou e sumiu. O Major Nelson estava doido para saber o que havia de errado com sua esposa, mas ele estava preso em um simulador e ficaria lá por mais cinco dias. Ah, bem.
Enquanto isso, na casa dos Nelson, as esposas dos oficiais ficaram atônitas ao ouvir o que quem elas achavam ser o Major Nelson tinha a dizer. Elas ficaram surpreendidas! E, francamente, se divertiram muito. Aparentemente, Jeannie era maravilhosa e fazia tudo para ele. Como dona de casa, como amiga, como esposa e... como mulher. Tudo. E vice-versa.
Ele ficou olhando para a cozinha para ver se ela viria para a sala de estar. Cada minuto longe dela era uma tortura! Ela finalmente entrou na sala de estar.
* Fim do intervalo *

“Querida! Aí está você! Eu não poderia ficar longe de você por mais um minuto!”
Ele me abraçou por trás e beijou meu pescoço novamente. Eu mal podia esperar até que elas se fossem embora para que ele pudesse ir também!
“Jeannie, você está bem? Você parece nervosa!” Uma das mulheres me perguntou. Eu estava nervosa e era aparente.
“Não, eu estou bem!”
Elas começaram a andar em direção à porta. Graças aos Céus! Eu tirei os braços dele de mim e fui até a porta da frente para abri-la.
“Bem, é hora de ir. Foi uma noite interessante, não foi, meninas?”
“Sim, muito!”
“Muito informativa!”
“Tchauzinho, Jeannie! Oh, você é tão sortuda!”
“Tchau! Ai, que invejinha!”
Eu sou sortuda? Ela estava com inveja? O quê? As mulheres saíram, eu fechei a porta e virei-me para ele.
“O que você disse a elas?”
“A verdade, querida! Que eu te amo e que vamos ser muito felizes juntos...”
Ele me abraçou novamente e continuou com sua rotina. Mas, desta vez, havia algo de novo...
“Ei! Tire as mãos do meu traseiro!”
“Eu sou o seu marido! Eu não posso tocar sua linda...”
“VOCÊ certamente NÃO É o meu marido! Ele está no XT4!”
“Então por que você me trouxe de volta?”
“Você sabe por quê!”
“Você poderia ter dito a elas que ele estava em uma missão! Eles certamente entenderiam...”
“Bem, eu...”
“Eu acho que você gostaria que ele fosse mais carinhoso ...”
“O quê? Anthony é muito carinhoso!”
“Mas não como eu! Eu te amo, Jeannie! E eu não tenho medo de mostrar...”
“I-Isso... é a coisa... mais absurda que eu já ouvi!”
“Diga-me que não é verdade...”
“I-Isso... é... Adeus!” Eu pisquei. Ele se foi.
Essa foi uma das conversas mais estranhas que eu já tinha tido. Um homem que tinha uma aparência exatamente como a de Anthony, soava como ele, e de certa forma, agia como ele estava me dizendo que ele não era muito carinhoso. Huh.
Duas noites mais tarde, a Associação voltou. Elas pareciam estar muito ansiosas para falar com Ant... com ele novamente. O que será que ele disse a elas?... De qualquer forma, eu disse que iria falar com ele no quarto (que fez elas rirem) e pisquei-o novamente.
“Querida, eu estou tão contente em vê-la de novo!” E ele fez mais uma vez o que ele fazia de costume. Desta vez, eu quase cedi. Eu estava solitária, eu não via Anthony fazia cinco dias (minha experiência triste e um pouco embaraçosa no simulador não conta!) e ele parecia tanto com meu querido e doce marido...
“Ohhh...”
“Você é tão bonita... Estou tão feliz que tenha me trazido de volta!”
“Mmm...”
De repente, ouvi uma batida na porta.
“Jeannie! Você está bem aí?”
Eu rapidamente me dei conta: as mulheres estavam ali fora, esse homem não era meu marido e elas estavam esperando por ele!
“Eu estou bem”, gritei em direção à porta do quarto. “Elas estão esperando por você lá fora!” eu disse a ele.
“Mas eu não quero falar com elas! Eu prefiro ficar aqui com você ...”
“Mas... mas ...”
“É o seguinte: eu vou falar com elas sob uma condição.”
“Qual?”
“Beije-me.”
“O quê?!”
“Desde que você me trouxe aqui eu estava ansioso para sentir seus doces lábios nos meus, minha querida... por favor?”
“Você está louco!”
“Jeannie.”
Ele olhou no fundo dos meus olhos de um jeito que era muito, muito semelhante ao jeito que só um outro homem olhava para mim: Anthony. Eu me perdi por um segundo e cedi. Sim, eu o beijei. Eu tinha que acabar com isso!
O beijo não foi muito longo, mas foi muito profundo. Ele saiu da sala olhando longinly para mim e eu fiquei olhando para ele. Como ele ousa me beijar quase exatamente como o meu marido me beija? Bem, Jeannie, acorde! Ele é uma invenção de sua própria imaginação! Assim!
De qualquer forma, eu fiquei meio perdida por alguns segundos e sentei-me na cama. Eu tinha que pensar sobre o que eu tinha acabado de fazer!
Alguns minutos depois, ouvi o som de ronronar de motor. Anthony! Oh! Finalmente! Oh, não. O outro! Eu fui repentinamente para a sala e puxei-o para o quarto.
“Querido, eu preciso falar com você. Agora!”
“No quarto? Ah, sim, agora mesmo!”
As mulheres riram novamente. Eles estavam agindo de um modo tão estranho...
“Querida, você...”
Eu pisquei e ele se foi. Ufa! Eu rapidamente pisquei-me para o carro de Anthony.
“Amooo!” Eu o abracei.
“Jeannie! Querida! Qual é a da pressa?”
“Ohh... oh... meu Amo querido! Oh!” Eu dei-lhe beijinhos em todo o rosto. Eu estava tão ansiosa que gemia o tempo todo.
“Querida, tem sido tão ruim assim? Eu mal toquei em você e você já...”
“Cinco dias, Anthony, cinco dias!”
Ele deu uma risada e disse: “Oh, eu sei, eu sei...” e me beijou.
“Oh, Amo, você poderia me fazer um favor?”
“Sim, querida, qualquer coisa.”
Pisquei-nos para o quarto, ele tinha que agir como o clone! Eu explicaria tudo para ele mais tarde... Agora, ele tinha que me fazer um favorzinho...
“Jeannie, o que...”
“Aja como um pervertido.”
“O quê?”, ele gritou.
Sim, era uma idéia ridícula. Parecia totalmente sem sentido. Anthony, por favor, faça isso!
“Shhh! Anthony, faça o que eu te digo! Por favor!”
“Ok...” Aaah! Eu não podia acreditar! Ele concordou! “Você quer dizer... assim?...”
Ele veio por trás de mim, passou a mão pela minha coxa esquerda por dentro e pegou meu seio direito com a mão direita, enquanto ele beijava meu pescoço... Eu me senti toda quente imediatamente e não pude evitar de expressar vocalmente...
“Ohhh... Mmmm...”
“Jeannie?”
“Mmm ...”
“Querida, você está...”
“Ohhhh ...”
“Jeannie, você está...”
“Não se atreva a mexer-se! Ohhhh!”
Ele se mexeu. Mas ele mexeu suas mãos! Para cima! Ele chegou mais perto do meu ouvido - Eu podia sentir os lábios dele na minha orelha - e sussurrou...
“Você teve um or...”
Er... Acho que sim, Amo!
“Ohhhh! É só você me tocar e eu... transbordo!”
Nós ouvimos uma batida na porta; uma das mulheres perguntou novamente se eu estava ok. Eu respirei fundo, pisquei-me uma fresca e limpa... erm... e nós saímos do quarto. Anthony estava me abraçando por trás e ficou beijando minha bochecha; eu fiz um grande esforço para manter a compostura.
“Jeannie... hum... ainda temos que te fazer algumas perguntas... será que o seu adorável marido se incomodaria de esperar no quarto?”
“Claro que não! Eu vou ficar no quarto!”Anthony disse. Ele olhou para mim com profundos olhos verdes que me deixaram louca (ou talvez fosse todo aquele tempo longe dele!) e beijou-me profundamente. Oh, céus!
“Vejo você em alguns minutos, querida...” disse ele, docemente.
Eu mandei-lhe um beijo, ainda me sentindo um pouco perdida por causa daquele beijo.
A Associação fez-me todos os tipos de perguntas, desde “E ele sabe a sua cor favorita?” até “Samba-canção ou cuecas?” Mas eu nunca estaria preparada para a pergunta final...
“Ok, Jeannie, nossa pergunta final pode ser a mais... pessoal...”
“Eu não acho que nós deveríamos...”
“Certamente não é...”
“O que é?” eu perguntei. Eu estava curiosa.
“Ok, aqui vai: como é o seu marido como um amante?”
“Shirley!”
“Eu acho que nós não precisamos de uma resposta para isso, afinal de contas... não somos surdas!”
O quê? Agora elas foram longe demais!! Não era da conta delas!
Naquele minuto, Anthony saiu do quarto. Meu cava-bem, astronauta em brilhante ar-ahn... uniforme azul marinho!
“A entrevista já acabou, querida?” ele perguntou, e me abraçou por trás novamente.
“Ahn...”
“Já, né?” Ele me segurou mais apertado e levantou meus seios com os braços, o que me fez gemer (mais uma vez).
As mulheres trocaram um olhar entre si e começaram a sair.
“Tudo bem, eu acho que nós temos a resposta que estamos procurando! Obrigada, Jeannie, boa noite!”
“Boa noite, Jeannie!”
“Tchau, tchau!”
“Boa noite, Major Nelson!” Eles disseram em uníssono, em uma voz cantante.
“’Noite!”
E elas foram embora. Ufa!
“Tá bem, Jeannie, o que foi aquilo?”
Oh, não. A pergunta que eu não queria ouvir. Meus olhos começaram a encher d’água.
“A-Amo, você se lembra do dia em que elas votaram em mim como secretária das atas?”
“Sim...”
“Sim, bem, nesse dia elas também anunciaram o primeiro prêmio anual do bom marido.”
“E o que é isso?”
“Ahn... Elas entrevistariam todos os oficiais e o oficial que fosse mais útil, mais simpático e compreensivo ganharia um prêmio!”
“Prêmio?”
“Duas semanas no Havaí!”
“E o que eu tenho a ver com isso?”
“Você é um concorrente!”
“Mas eu estive no simulador durante toda a semana, e eu não me lembro de ninguém me entrevistar!”
“Eu sei, Amo.”
“E então?”
“Para elas você esteve aqui a semana toda...”
“Como?”
Pisquei o clone.
“Querida! Eu senti sua falta!” E ele beijou minha mão.
“O que diabos ele está fazendo aqui?”
“B-Bem, Amo, já que você não estaria aqui durante a semana, eu...”
Eu pisquei e o clone foi embora. Mas eu ainda tinha uma confissão a fazer.
“Amo... Eu tenho mais uma coisa para te dizer...”
“Mais uma?”
“Sim... Eu... Eu o beijei.”
“Você o quê?”
Eu não conseguia olhar para Anthony. Ele parecia tão... desapontado.
“Eu não acredito!!!”
“Foi a única maneira de ele falar com aquelas mulheres!”
“Claro, porque isso é tudo o que importava!”
Eu me senti tão mal. Eu pisquei novamente e fui para a minha garrafa, com lágrimas escorrendo pelo meu rosto. Era isso. Ele iria se divorciar de mim e me colocar de volta na praia onde ele me encontrou...
“Jeannie?” Eu o ouvi chamar. “Oh... me pisque pra aí, sim?”
“Não!...”
“Jeannie, por favor!”
Eu relutantemente fiz isso, mas eu ainda me mantive de costas para ele. Eu estava começando a me sentir muito deprimida...
“Jeannie, o que você estava pensando?”
Juntei toda a coragem que tinha e me virei para ele.
“Eu-eu só...”
“Eu estou casado com você! Você não está satisfeita comigo?”
Eu olhei para ele. Eu queria dizer “Claro que eu estou!”, mas as palavras não saíam.
“Você não está satisfeita comigo!”
Ah, isso foi uma das coisas mais horríveis que eu já tinha ouvido ele dizer! O olhar em seu rosto era ainda pior! Eu tentei melhorar as coisas, mas...
“Não, Amo! É só que ...”
“Oh, querida, eu tenho que admitir ... Eu às vezes ainda penso mais sobre meu trabalho do que nós! Uma coisa dando aparentemente errado e eu fico mais neurótico do que nunca!”
Ele pareceu decepcionado e enojado consigo mesmo. Eu senti pena dele. Parecia que ele se sentia muito mal!
“Querida, eu sinto muito... Eu prometo que vou ser mais carinhoso. Eu juro! Você pode... você pode me perdoar?”
Claro que eu podia! Mas só se você me perdoasse também, Amo...
“Oh, Amo... eu sinto muito também. Eu nunca deveria ter trazido aquele... ele de volta.”
Ele sorriu para mim! Ele me abraçou! Oh! Tudo estava certo com o mundo novamente! Graças a Alá!
“Agora...” ele me virou. “Onde estávamos?”
Ele mais uma vez me apertou a coxa por dentro e pegou no meu seio direito... Eu tive uma sensaçãozinha no fundo do estômago...
“Ohh...”
Ele começou a beijar meu pescoço... Anthony, seu safado!
“Jeannie, tem uma coisa que você não me disse ainda.”
“O que...?”
“Hehe... então... foi?”
“Foi o que, Amo...?”
“Aquela hora que eu fiz o que você me disse para fazer ...”
“Simmm...?”
“Você teve um orgasmo?”
Deixei escapar um gemido alto. Vamos, Anthony, você me conhece melhor do que isso!
“Responda-me, Jeannie!”
“Ohhh... Acho que estou prestes a ter mais um!”

FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
 
O melhor marido do ano - episódio alternativo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» EPISODES LIST -Lista de episódios de Andrômeda
» HERCULES EPISODES LIST-Lista de episódios de Hércules
» Qual a melhor, água quente ou fria?
» LAST EPISODE Último episódio de Hércules
» Episódio 15- The Last Hunt ( A Última Caçada )

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Humor-
Ir para: