Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe
 

 Um canalha como eu

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

bajumoon

Mensagens : 681
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 32
Localização : São Paulo - SP

Um canalha como eu Empty
MensagemAssunto: Um canalha como eu   Um canalha como eu EmptySab Fev 23, 2019 12:57 pm

Título:  Um canalha como eu
Autor(a): Jussara/bajumoon
Shipper:  Egon/Dana
Gênero:  Roamance
Censura/Classificação: PG-13
Capítulos:  One-shot
Completa: Sim
Resumo ou uma promo: Dana está mal, mas Egon a conforta

- Dana? - disse Egon, encontrando-a no cômodo, ao lado da unidade de contenção.
Ele a seguiu, assim que a viu descer até ali.
Sabia que ela não estava bem. Jamais estaria depois do que tinha visto.
Ela o ouviu chamar e ergueu o rosto, que estava molhado com lágrimas, que ela não tinha conseguido conter.
- Desculpe, Egon! - disse ela, a voz falhando pelos soluços. - Eu não devia estar aqui, mas foi o único lugar que pensei em ficar. Até estar... Melhor!
- Você não precisa se desculpar! - ele tirou do bolso um lenço e ofereceu a ela. - Deseja um copo com água?
- Não... Não é necessário. Eu deveria ir embora, mas não queria que Janine, nem ninguém  me visse assim. - eles ficaram em silêncio, até que ela se acalmasse mais e dissesse: - Você deve estar se perguntando o que eu faço aqui, nesse estado lastimável.
- Na verdade, não. Creio que sei bem o motivo.
- Claro, como não? - ela ficou irritada de súbito. - Você já deve estar acostumado a ver Peter trazer suas amiguinhas para cá e dormir com elas, rindo com ele da minha cara!
Ela se ergueu para ir embora, mas ele a deteve.
- Eu não sabia.
- Ah, não mesmo? - ela o olhou sarcasticamente.
Ele encarou com firmeza o olhar acusador e explicou.
- Temos uma regra de não trazer qualquer pessoa de fora, para Firehouse. Não só por uma questão de privacidade, mas de segurança.
- E então?
- Ray e Winston estão em uma curta viagem. Eu fico até de madrugada em meu laboratório, sendo assim, Peter deve ter aproveitado a oportunidade.
- Cretino... - ela murmurou.
- Não sei a razão por ele ter preferido aqui ao invés de seu apartamento, mas talvez estivesse bêbado. Isso explica as duas garrafas de vinho, que Janine encontrou em cima de sua mesa, esta manhã.
- Ele nunca vai mudar... Eu sou uma estúpida mesmo!
Egon, em um gesto surpreendente até mesmo para ele próprio, colocou as mãos nos ombros dela.
- Você não é uma estúpida. E não deve ficar mal por causa dele!
- Não é realmente por ele! É por mim! Eu permiti me envolver com ele novamente, mesmo já o conhecendo. Sinto-me com raiva, com o orgulho ferido e até mesmo humilhada.
- Você é uma mulher extraordinária*, Dana! Talvez tenha se precipitado ao voltar para ele, mas sempre será uma mulher incrível!
Ela se sentiu confortada com as palavras de Egon.
Ele era um homem sério e conciso, o que a fazia perceber que ele estava sendo sincero e realmente achava isso dela.
- Egon, você é um doce! - ela sorriu e deu um beijo no rosto dele. - Desculpe se me irritei com você!
- Está tudo bem!
Ele também sorriu, principalmente quando ela o abraçou apertado, buscando o conforto necessário naquele homem.
Ele passou seus braços ao redor dos dela, massageando suas costas devagar.
- Não sei como você pode ser amigo de Peter! É tão diferente dele!
- Você acha?
- Claro, você é um cavalheiro, gentil. Não um canalha como ele!
"Será mesmo?" Pensou ele, enquanto tentava conter a própria mão de descer até o traseiro dela.

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um canalha como eu
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» como ajeitar o cabelo para dormir?
» Cachos sem vida
» O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO
» ORGANISTAS - MANGAS DOS VESTIDOS E DAS BLUSAS.
» Cristã revela como é cultuar a Deus em igrejas subterrâneas, em um país marcado pela perseguição religiosa

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Os Caça-fantasmas :: Ghostbusters / Ghostbusters 2-
Ir para: