Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Atração inevitável

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Atração inevitável   Dom Set 16, 2018 1:40 pm

Título:  Atração inevitável
Autor(a): Jussara/bajumoon
Shipper:  Egon/Katerina
Gênero:  Romance
Censura/Classificação:  M
Capítulos:  One-shot
Completa: Sim
Resumo ou uma promo: Katerina passa bons momentos com o loirão gostoso Razz


Eu já o tinha visto antes por fotos em jornais, revistas e até na TV.
Sabia da fama dele, como caça-fantasma, mas já antes disso, eu já tinha conhecimento do seu talento como cientista.
Cada vez mais, eu passei a admirá-lo. Porém, minha admiração ia além do seu lado profissional e do seu vasto intelecto.
Eu também não podia deixar de admirá-lo como homem!
O porte alto, imponente, o rosto comprido, com olhos azuis frios, que não se podiam ler.
Eu me vi sonhando com esse homem, por várias noites. Sonhos nada inocentes.
E a cada dia que se passava, minha vontade de conhecê-lo aumentava mais.
Até que finalmente tive a chance de chamá-lo até meu país, junto com seus colegas de trabalho.
Quando o vi, meu coração bateu mais forte. Ele era ainda mais lindo pessoalmente!
Quando nossos olhos se cruzaram, quando nos apresentamos, senti uma atração profunda nos unir e tive que me segurar, para não beijá-lo ali mesmo!
Tentei me manter educada e formal, durante todo o tempo, mesmo com o amigo dele dando em cima de mim, descaradamente.
Eu desejava que fosse ele que o fizesse, mas ele se mantinha educadamente distante.
Entretanto, eu podia sentir o olhar dele sobre mim, por diversas vezes e refleti se ele também estava sentindo o mesmo que eu.
A voz profunda dele causava-me arrepios por todo o corpo e eu ouvia fascinada, ele explicar sobre os fenômenos paranormais que nos cercavam.
Fiquei admirada como ele (e seus amigos também), resolveram o perigo que nos assolava.
Quando tudo estava terminado, dei um beijo no rosto em cada um dos rapazes.
No momento em que o beijei, senti-o sorri e um choque elétrico por todo o meu corpo.
Esse homem provocava em mim, uma reação arrebatadora.
*
- Sem sono? - ouvi aquela voz profunda me perguntar, enquanto eu estava na sala, lendo um livro.
- Sim. O dia hoje foi muito agitado! - respondi com a voz trêmula.
- Você foi muito corajosa, em enfrentar o perigo conosco!
- Nem tanto! Eu só sabia que podia confiar em vocês! - fiz uma pausa e declarei. - Principalmente em você, que é tão inteligente, tão centrado.
- Obrigado! - ele sorriu, um pouco sem graça, mas o olhar profundo me encarando. - Você também é uma mulher inteligente. E er... Bonita! - ele corou um pouco e ficou ainda mais lindo do que já era.
Eu não aguentei. Não podia fingir mais, que nada estava acontecendo.
Eu me ergui, olhando profundamente em seus olhos.
- Não posso mais me controlar... - disse, tocando seus lábios com a ponta de meus dedos.
- Não se controle! - ele me disse, surpreendendo-me.
Tive certeza agora, de que ele também estava sentindo o mesmo que eu.
O desejo entre nós já era quase papável e eu o beijei.
O gosto daqueles lábios era ainda melhor do que nos meus sonhos.
Senti com prazer, ele corresponder o meu gesto, acariciando minha língua com a sua, enquanto suas mãos deslizavam por minhas costas.
Nossas bocas trocavam um beijo intenso, quase animalesco.
Eu estava completamente encantada com esse lado tão surpreendente dele.
Toda a frieza se transformando em paixão.
Eu nem me lembrava mais que estava uma sala de uso comum e que a qualquer hora, alguém poderia aparecer e nos surpeender ali.
Ele também não, ou ao menos não parecia se importar, porque permitiu que eu tirasse seu casaco e abrisse sua camisa.
Beijei todo o seu peito, sentindo sua respiração cada mais rápida.
Logo ele também entrou em ação, tirando minha blusa e saia.
Ele me olhou com aprovação, ao me ver de lingerie preta e cinta liga.
Seus olhos estavam escuros, tempestuosos, quando ele me levou até o sofá, passando a beijar todo o meu corpo.
Desesperada por ele, abaixei minhas mãos procurando o fecho de sua calça.
Assim que a abri, coloquei minhas mãos dentro dela, acariciando seu membro já ereto.
O senti gemer, enquanto ele arrancava meu sutiã e chupava meus seios.
Eu continuei brincando com o seu não muito grosso, mas longo membro, deixando-o ainda mais excitado.
Antes que eu me desse conta, ele retirou o resto de minhas roupas e passou a lamber minha feminilidade.
Controlei a vontade de gritar, com medo de que fôssemos ouvidos, mas o prazer intenso que sentia, estava me enlouquecendo.
- Ah, por favor...
- Hum...?
- Quero você em mim!
Ele ergueu o rosto e se deitou por cima de mim, puxando suas calças e cueca para baixo.
Ele me penetrou de uma só vez, arrancando-me um alto gemido.
Seus movimentos eram rápidos e profundos e logo, eu alcancei o clímax, arfando muito.
Então eu o senti liberar seu prazer, enquanto ele me dava um profundo beijo
Ficamos abraçados ali, naquele sofá, recuperado nossas forças.
- Obrigada! Eu disse, perdendo a batalha contra o sono, que sentia.
- Eu que agradeço! - ouvi-o dizer, antes de adormecer completamente.
**
Já tinha amanhecido, quando acordei em minha cama, com um sobressalto.
Eu olhei por todo o aposento, esperando vê-lo, mas eu estava sozinha ali.
Teria sido um sonho? Eu me questionava.
Talvez não, afinal eu estava nua! E eu não tinha o costume de dormir assim!
Minhas roupas do dia anterior estavam dobradas em uma cadeira, ao lado da porta.
Sorrindo, eu me levantei e fui para o banheiro, tomar um banho.
*
- Muito obrigada, por tudo! - eu agradeci aos caça-fantasmas, na hora de nos despedirmos.
Eles iria voltar para a América em poucos minutos.
Os rapazes me cumprimentam e partiram para o aeroporto, porém ele, antes de seguir com os outros, disse-me baixinho:
- Obrigada pela noite inesquecível, Katerina!
Eu arregalei os olhos, surpresa, mas respondi com um sorriso:
- O prazer foi todo meu, Dr. Spengler!

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Atração inevitável
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Os Caça-fantasmas :: The real Ghostbusters-
Ir para: