Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Querendo bis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 32
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Querendo bis   Dom Set 16, 2018 1:09 pm

Título:  Querendo bis
Autor(a): Jussara/bajumoon
Shipper:  Egon/aeromoça
Gênero:  M
Censura/Classificação:  Romance
Capítulos:  One-shot
Completa: Sim
Resumo ou uma promo: Egon se diverte novamente com a aeromoça

- Não fique parado aí, na porta! Entre!
- Você tem certeza de que não haverá algum inconveniente?
Ela deu uma leve risada, antes de responder:
- Claro que não! Eu moro sozinha!
Ele assentiu e ela o observou entrar.
Não era à toa, que tinha gostado dele assim que o viu. Ele era um homem bonito, com traços peculiares em sua aparência, como o seu cabelo, por exemplo. Seus olhos azuis em um tom claro eram muito interessantes também.
Porém, o que mais a atraiu foi a sua personalidade.
Ele poderia poderia passar de um instante para o outro, de frio, para arrebatador, de tímido para um dos homens mais seguros e experientes que ela conhecera.
Sem contar em sua inteligência. Ela nunca pensou que o cérebro de alguém pudesse ser tão atraente!
Em suma, ele era uma composição deliciosa e tentadora.
Tanto que a fez fazer uma loucura, que poderia fazê-la não só perder o emprego, mas a chance de voltar a trabalhar em qualquer outra companhia área novamente.
Ela transara com ele em pleno voo! Ela balançava a cabeça só de lembrar, mas não podia negar que tinha sido incrível!
Ela passara o dia todo pensando nele e no outro dia, o destino fez com que eles se reencontrassem novamente, já na América.
Sem conseguir se conter, ela o cumprimentou e deu seu endereço a ele, pedindo que ele aparecesse no dia seguinte.
Ela não esperava realmente que ele viesse (apesar de desejar isso), mas para a sua surpresa ele apareceu!
Ele já não estava atrevido como naquele voo, então ela percebeu que precisava fazer algo, para acender aquele pavio.
- Quer beber alguma coisa? - ela ofereceu, assim que fechou e trancou a porta.
- Bem... Talvez água!
- Água? Pensei que gostaria de algo mais forte, como um uísque, ou vinho.
- Não sou muito propenso a bebidas alcoólicas!
- Está certo! - ela foi até a cozinha e voltou em seguida, com a água para ele.
Ele agradeceu, mas se manteve em pé e nervoso.
Ela percebeu que já estava na hora de partir para a ação.
Colocando-os braços ao redor do pescoço dele, ela o puxou para um beijo.
Ele demorou apenas um segundo, para se recuperar da surpresa e beija-la de volta.
"Agora sim, as coisas começam a esquentar!" Pensava ela, enquanto ele ia empurrando-a para o sofá.
*
O rapaz a surpreendeu arrancando rapidamente o roupão que ela usava e tirando suas próprias roupas.
Ela riu delicada da timidez que desaparecera (como ela queria), transformando-se em toda essa paixão.
Era exatamente disso que ela necessitava.
Antes que se desse conta, ele beijava todo o seu corpo, demorando algum tempo em seus seios, massageando, beijando, mordiscando-os.
Ela gemeu alto o nome dele, quando ele desceu os beijos mais para baixo, chegando em sua feminilidade.
O rapaz a provocou com a língua, lambeu-a e inseriu dois de seus dedos, até fazê-la alcançar o clímax.
- Ohh... Você é incrível! - ela ofegou.
Ele apenas sorriu maliciosamente, enquanto se deitava por cima dela, penetrando-a fundo.
- Ahh...
- Hum... - ele fazia movimentos rápidos, desejando levá-la novamente ao clímax.
Como ele queria, logo ela gritou de êxtase e ele, com um alto gemido liberou o seu próprio prazer
Em seguida, ele desabou por cima dela, um pouco suado e ofegante.
Ela deu um sorriso preguiçoso, colocando uma de suas mãos nas costas dele, acariciando-o.
**
- Você pode passar a noite aqui! Eu iria amar a companhia.
- Eu agradeço, mas não posso! Tenho muito trabalho!
- Claro! Quem sou eu para atrapalhar a vida corrida de um cientista e caça-fantasma.
- Eu suponho que você seja bem mais ocupada que eu, não? - disse ele, com um sorriso. - Uma aeromoça deve trabalhar bastante!
- Ah, na verdade sim! Tenho um vôo para amanhã, às dez!
- Nesse caso, acho mesmo que devo partir! Eu agradeço pela... Pela ótima companhia!
- Eu que agradeço por vir! - disse ela, dando-lhe um leve beijo na boca.
Ele se dirigiu até a porta e ela a abriu para ele.
- Adeus! - disse ele, beijando-lhe a mão.
O gesto era um tanto antiquado, mas a deixou encantada. Sem dúvida, ele era um homem singular.
- Eu o verei de novo?
- Talvez nos vejamos por aí, talvez em algum vôo!
- Será um prazer reencontrar você!
Ele fez um aceno com a cabeça e partiu.
- Adeus, Dr. Spengler! - disse ela, antes de fechar a porta.

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Querendo bis
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Está querendo um Bom emprego ?? vem pra cá você também .....Pastor Silas Malafaia revela que pastores da ADVEC ganham entre R$ 4 e 22 mil mensais
» Fofoca de Fim de semana! Viúva de Elvis Presley se enamorou por Mike!
» [Resolvido]ESTOU QUERENDO O ESQUEMA TV SAMSUNG LCD T220M.
» CÔCO FRESCO!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Os Caça-fantasmas :: The real Ghostbusters-
Ir para: