Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Experimentos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Experimentos    Seg Out 09, 2017 9:15 pm

Título: Experimentos 
Autor(a): Jussara/bajumoon
Shipper: Egon /Dana
Gênero: Romance/pervice 
Censura / Classificação: M
Capítulos: III
Completa: Sim
Resumo: Dana não consegue controlar mais sua paixão por Egon.

I

Eu me remexi na cama, sentindo um calor insuportável.
- Oh, Egon! - não pude controlar um gemido.
Aquele frio cientista ia acabar deixando me doida! 
Eu queria agarra-lo desde a primeira vez que o vi. Mas ele sempre se mostrara distante.
 Até mesmo aceitei namorar Peter, o cretino, apenas para poder ficar mais próxima de Egon.
O namoro com Peter foi para o espaço, eu me casei com outro, tive um filho, divorciei-me, mas o não esqueci do caça-fantasma mais sexy do mundo! 
Com novos fenômenos sobrenaturais surgindo, eu vi a oportunidade perfeita de se aproximar novamente de Egon.
Fui vê-lo em seu laboratório e tive que controlar minha excitação.
Ele era tão delicioso! Queria arrancar aquele jaleco, jogá-lo na mesa e...
- Dana? - eu escutei a voz profunda a chamando. - Algum problema? 
Eu saí de meu devaneio e olhei para ele. A expressão séria e fria, agora misturada com uma interrogativa. Poderia parecer absurdo, mas ele conseguia ficar ainda mais incrível, toda vez que eu olhava para ele.
- Bem, na verdade sim! E talvez você possa me ajudar.
Eu já tinha esperado tempo demais por isso. Não aguentava mais! Tinha que arriscar de uma vez, mesmo correndo o risco de ser rejeitada por ele.
- Se estiver ao meu alcance... - ele falou, distraído com um dos seus experimentos.
- Com certeza! Trata-se de uma experiência.
Ele voltou seu olhar para mim, sua expressão agora, também era de curiosidade.
- Hum... Algo relacionado as experiências paranormais que você tem enfrentado? 
- Não! - eu sorri com malicia. - Na verdade é uma experiência bem "normal" e humana! 
Vendo a maneira que eu o olhava, agora ele também estava desconfiado.
Com relutância óbvia, ele finalmente perguntou: 
- Do que trata então? 
Eu me aproximei dele devagar, como uma gata manhosa e deslizei minha mão lentamente por seu peito, por cima do jaleco.
- De você! - disse olhando fixamente em seus olhos. 
- Quer fazer uma... Hum... - ele pigarreou. - Uma experiência comigo? 
- Egon... Você... - fiz uma pausa para poder dizer de uma vez. - Você não me é indiferente! Sinto algo por você desde que o vi pela primeira vez e não posso controlar mais... - eu me aproximei ainda mais dele, uma das minhas mãos agora estavam em sua nuca. - Não posso controlar as reações do meu corpo. Preciso de você! 
Ele virou o rosto desconfortável, tentando se manter impassível, mas percebi seu nervosismo.
- Dana, provavelmente isso possa estar ligado aos últimos eventos sobrenaturais nos quais você foi envolvida.
Dei uma leve risadinha.
- Acha que estou possuída e por isso estou me aproximando dessa maneira de você? 
- Bem, provavelmente não possuída, mas possa estar sendo influenciada por alguma força, não humana.
- Bem, se esse for o caso, isso seria mais uma razão para fazermos uma experiência.
Ele olhou para mim, um pouco perdido e eu me senti mais segura. Agora eu podia ver claramente que ele não me era indiferente.
Sem perder tempo, o beijei de surpresa.
Ele ficou alguns instante sem reação, mas por fim afastou seus lábios dos meus.
Egon virou de costas para mim, mas eu percebi que ele estava tentando a muito custo manter a compostura e atitude séria, comuns nele.
- Não creio que seja uma boa ideia. Peter...
- Esqueça Peter! Não temos mais nada há um bom tempo! 
- Mas ele ainda a considera alguém importante! 
Eu sabia que mesmo sendo fechado, Egon era um homem gentil e leal aos seus amigos. Talvez fosse isso que o tornasse ainda mais atraente.
Entretanto, eu já tinha dito o que sentia e não tencionava voltar atrás.
Aquela talvez fosse minha única chance e eu não a desperdiçaria.
**
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Experimentos    Seg Out 09, 2017 9:17 pm

II

- Ele não precisa saber sobre isso! - declarei.
Ele não parecia convencido.
- Sinto muito, mas realmente penso que não é possível! 
Eu não ia desistir! 
- Diga-me Egon, onde estão seus assistentes? 
- Estão em horário de almoço! - ele finalmente se virou para mim, tentando compreender a razão de minha pergunta.
- Você costuma ficar sozinho aqui?
- Nessa hora, sim! Vou almoçar assim que eles voltam.
Isso era tudo o que eu precisava saber!
Fiquei em silêncio por alguns instantes, enquanto ele me encarava.
Senti que ele desejava que eu fosse embora e pudesse deixá-lo em paz.
Mas não importava. Eu não iria embora. Não antes de ter o que eu tanto queria!
Dei um leve sorriso e com um olhar descarado, comecei a abrir lentamente os botões de minha blusa.
Ele arregalou olhos, completamente surpreso, mas não se moveu.
- Dana... - ele disse finalmente, enquanto eu terminava de tirar minha blusa, expondo o sutiã de renda branca.
Fiz o mesmo com minha saia, ficando apenas com minhas peças íntimas, enquanto me aproximava dele.
Aproveitei seu estado ainda imóvel e colocando os braços ao redor do pescoço dele, beijei-o.
Desta vez, eu não notei nenhuma resistência da parte dele. 
Suspirei de prazer, ao sentir seus braços me circundarem e suas grandes mãos deslizarem por minhas costas.
Minha satisfação foi ainda maior, quando ele deslizou sua língua para dentro de minha boca, explorando cada canto e provocando minha própria língua. 
Eu apartei o beijo, para mordiscar sua orelha e o ouvi dizer ofegante:
- Acho que não posso dizer não a esse experimento. Estou instigado a tentá-lo. O quanto antes! 
- Creio que será um sucesso! - disse eu com uma risada ofegante, enquanto descia meus lábios e dava algumas lambidas em seu pescoço.
A boca de Egon foi direto para meus ombros, cobrindo-os de beijos,  enquanto puxava as alças do sutiã para baixo.
Eu não perdi tempo e tirei seu jaleco e gravata (com a ajuda dele) e comecei a desabotoar sua camisa.
Assim que terminei minha tarefa, deslizei minhas mãos por aquele peito e comecei a beijar toda aquela região.
Eu podia sentir a respiração pesada dele e continuei ali por um tempo, enquanto puxava o cinto dele e abria suas calças.
Ele gemeu, encostando-se a uma mesa, quando passei minha mão em seu membro por cima da cueca.
Notei que ele já estava muito excitado.
Sem aguentar a vontade e a excitação, puxei sua cueca para baixo e me deparei com seu membro.
Minhas mãos deslizaram por todo comprimento, arrancando altos gemidos dele. Apesar de não tão grosso, ele era ainda mais "longo" do que eu imaginava em minhas tantas fantasias.
Sentindo-me atrevida, abaixei-me mais e o tomei em minha boa.
- Oh, Dana! - ele arfou alto, colocando uma das mãos em minha cabeça.
Eu fiquei satisfeita ao ouvir Egon pronunciar meu nome continuei com afinco, arrancando ainda mais gemidos dele. 
**
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

avatar

Mensagens : 645
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Experimentos    Seg Out 09, 2017 9:18 pm

III

Depois de alguns instantes fazendo isso, mal pude entender direito o que estava acontecendo e já estava erguida, colocada em cima da mesa, sendo beijada com fúria por meu cientista favorito.
Depois de ver tantas vezes aquele homem frio, um pouco tímido, gentil, jamais poderia imaginar a voracidade com que aquele homem fazia amor.
Nem nos meus sonhos mais "entusiasmados", imaginei-o beijando com força, mordendo meu lábio enferior e atacando meus seios, assim que arrancou de mim, o sutiã.
- Ohh, Egon! - gemi alto, quando o senti mordiscar um de meus mamilos.
- Dana, você é uma mulher extraordinária!* 
Sorri e arfei com o elogio.
Seus lábios desceram até minhas partes íntimas e, retirando a calcinha, ele lambeu, sugou aquela área, fazendo eu gritar de prazer.
Logo senti seu membro se encaixando em mim, numa penetração profunda. 
Ele ficou alguns instantes parado, arfando, como se estivesse saboreando a sensação de estar dentro de mim.
Porém, logo após, a quietude foi substituída por um ritmo alucinante.
Eu estava sentada na mesa, apoiando-me com ambas as mãos na borda dela, enquanto eu empurrava meu quadril para frente, ajudando nos movimentos.
Minhas longas pernas rodearam sua cintura, puxando-o ainda mais para mim.
Suas estocadas rápidas e profundas, fizeram-me chegar ao mais arrebatador orgasmo em pouco tempo.
Gritei seu nome sentindo meu corpo todo se contorcer de prazer.
Ele ainda me penetrou mais algumas vezes, até dar um alto gemido e alcançar seu próprio prazer.
- Ohh... - ele saiu de cima de mim, sentando-se ao meu lado na mesa.
Olhei para ele e se já não estivesse tão saciada, atacaria-o de novo.
Seu rosto estava vermelho e o suor escorria por suas têmporas. Sua boca estava entreaberta, buscando por ar.
Ele se abaixou, pegou um lenço em seu bolso, enxugou o rosto e colocou novamente seus óculos que estavam em um canto da mesa (eu nem tinha notado que ele o tirara).
Nós nos vestimos em silêncio e assim que terminamos, escutamos as vezes dos assistentes de Egon voltando do almoço.
- Bem a tempo! - comentei com um sorriso. 
Ele também me deu um sorriso encantador, com aquelas lindas covinhas.
- É, realmente foi uma ótima experiência! - ele admitiu, ainda sorrindo, mas seu sorrio agora tinha um quê delícia. 
- Com certeza, doutor Spengler! Mas e então? Acha mesmo que estou sob a influência de alguma energia não sobrenatural?
- Bem, creio que não! Afinal, eu também estaria sob domínio dessa energia.
- Talvez devessemos continuar com os experimentos para termos certeza.
- Talvez... - ele deu um meio sorriso agora.
- Ficaria feliz se aparecesse algum dua desses em meu apartamento, Egon! 
Sorri para ele e lhe dei um beijo rápido, antes de sair do laboratório.
Por hora eu estava feliz e satista. Mas com um pouco de sorte, ainda teria a chance de ser "experimentada" novamente pelo ardente cientista.

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Experimentos    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Experimentos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Os Caça-fantasmas :: Ghostbusters / Ghostbusters 2-
Ir para: