Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Blonde bombshell

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 461
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Blonde bombshell   Qua Jun 15, 2016 9:28 pm

Título: Blonde bombshell
Autor: strawberriesapples
Shipper: nenhum
Gênero: Humor
Censura/Classificação: PG13
Capítulos: One-shot
Resumo ou uma promo: Uma ida meio diferente à praia. Pelo menos para Peter Tork...


 
Era sábado de manhã e David Jones decidiu que queria ir à praia. Ir sozinho era um saco. Ele perguntaria a seus amigos se eles queriam ir com ele.
- Ei, pessoal!
- Ei, Davy!
- Oi, Davy!
- Tá um dia lindo! Alguém quer ir à praia?
- Desculpa, meu chapa. Tou escrevendo uma canção; tenho que me concentrar. - Mike disse, com os olhos fixos na guitarra.
- Eu tou com muita preguiça pra ir... - Micky estava deitado no divã.
- Claro, Micky, a praia é tão longe... - Davy disse, sarcasticamente.
- Ah, me deixa! - Ele respondeu de mau humor, virando-se para o lado.
- O que há com ele?
- Levou um fora. - Disse Mike.
- Ooh... isso não é bom.
- Nem um pouco.
- Ei, pessoal! No mercado não tinha leite integral, eu tive que comprar desnatado. - Era Peter, vindo do supermercado.
- Peter! Justo quem eu queria ver!
- O quê que há, Davy?
- O sol tá brilhando, tá quente lá fora...
- Tá mesmo!
- Quer ir dar um mergulho?
- Ei! Que boa ideia! Deixa eu mudar de roupa!
- Sim! Vai! Eu vou guardar as compras!
Davy assim o fez e Peter subiu.
- ‘Bora, Davy! - Ele apareceu minutos depois, em uma T-shirt branca e uma sunga vermelha.
Eles foram para a praia e escolheram um lugar um pouco longe de casa. Peter estendeu uma toalha na areia e sentou-se nela.
- Aposto uma corrida até a água! - Davy largou as coisas na areia, ansioso para ir dar um mergulho.
- Ahh, desculpa, Davy, eu vou ficar aqui um tempo!
- Tá bem! Té mais!
Davy correu para a água e Peter olhou para o mar por alguns minutos. Uma garota passou e sorriu para ele, mas ele mal notou. Ele tirou a camisa e ela voltou, sua boca aberta.
Ela saiu e voltou com uma amiga, que olhou para ele também; enquanto isso, várias outras meninas passaram e notaram o jovem muito bonito, sem camisa, sentado em uma toalha.
De repente, Peter esticou os braços para trás, sorrindo e fechando os olhos, absorvendo os raios do sol, com as pernas abertas de forma arbitrária.
As poucas garotas ali perto não podiam deixar de olhar para ele; ele era muito bonito, com aquele corpo bem definido, a pele adoravelmente sardenta, o lindo cabelo dourado e o sorriso mais encantador do mundo.
Mas o que as impressionou mais foi a sua escolha de roupa de banho. E seu conteúdo.
Na frente da sunga vermelha havia uma protuberância muito impressionante. Elas perguntavam-se se ele estava animado demais com o sol...
Enquanto isso, Davy estava voltando para a areia, surpreso com a multidão de meninas nas proximidades.
- Peter, você tem que dar um mergulho! A água tá ótima, cara!
- É, eu tou aqui há muito tempo - ele notou as garotas - ei, elas realmente te seguem onde quer que você vá, né? - Disse ele com uma risada em sua voz, referindo-se a seu amigo.
- Sim... - Davy respondeu distraidamente, ainda achando estranho aquele monte de garotas lá. Ele estava na água, pelo amor de Deus! Elas não estavam lá por causa dele!
Ele decidiu esquecer isso e deitar-se sobre a toalha, para aproveitar o sol. Enquanto isso, Peter se levantou e caminhou em direção à água.
Ele sorriu de volta para todas as meninas que sorriram para ele, com uma expressão incerta no rosto. Elas estavam rindo dele internamente? Havia algo de errado com ele?
Bem, isso não importava. Era hora de cumprimentar o irmão oceano!
Ele mergulhou e nadou para longe, sem perceber que ele tinha uma audiência. As meninas viram que ele iria demorar e se distraíram com outras coisas.
Alguns minutos depois, Peter voltou para a costa.
Ele começou a caminhar em direção à areia, tirando o cabelo de seu rosto com as mãos.
Ele era uma daquelas pessoas que não conseguiam passar despercebidas. Ele era um pouco alto e muito bonito.
Especialmente molhado daquele jeito.
Ele caminhou em direção a onde eles estavam, sua respiração pesada do exercício.
Ele não percebeu que as garotas começaram a olhar para ele novamente. Somente quando uma deles gemeu. Ele olhou para ela e ela desviou o olhar, corando.
- Hã... Davy!
- O que foi, companheiro?
- Você já reparou que...
- Oops! Um chamado da natureza! Eu volto já.
- Ah, mas...
Davy correu para a casa e deixou-o lá, sozinho. Praticamente cercado de garotas.
- Oi! - Disse uma delas.
- Oi! Ele já volta. - Peter disse. Ele pensava que elas estavam lá por causa de seu amigo. Garotas seguiam-no para onde quer que ele fosse.
- Eu não quero falar com ele. - ela sorriu. Ele sorriu de volta. A garota suspirou.
Uma outra mais atrevida sentou ao lado dele.
- Qual é o seu nome, bonitão? - Ela perguntou.
- Ahn... Peter.
- Você mora aqui perto, Peter? - Era uma outra garota.
- Ahn, sim, ali do lado do...
- Você tem uma namorada, Peter? - Uma outra veio e sentou-se na frente dele.
- N-Não...
Todas sorriam maliciosamente. O que estava acontecendo? Ele ia ser atacado por uma horda de meninas e ter que lutar por sua vida? Ele... ele não era Davy Jones...
Enquanto isso, todos os tipos de pensamentos lascivos estavam passando por suas cabeças. Ele sorrindo prazerosamente em cima de uma delas; aqueles lábios por todo o corpo de outra; aquelas mãos penetrando, explorando uma outra e... o conteúdo daquela sunga vermelha levando todas lentamente para o auge do prazer...
Uma das meninas estava prestes a passar as mãos sobre as coxas dele quando Davy voltou. Ele notou a multidão feminina em torno de seu amigo.
- Peter!
- Ei, cara...
As meninas nem sequer olharam para Davy. Elas ainda estavam fixas no belo loiro entre elas.
- Ahn... Mike e Micky disseram que a gente tem um show na próxima quarta-feira... uma festa de escritório ou algo assim.
- Oh! Nós temos que ensaiar!
- Sim...
Peter levantou-se e Davy percebeu as meninas olhando para ele. Uma delas até gemeu quando sua parte traseira quase roçou seu rosto. Ele riu. Seu amigo estava totalmente alheio a todas as garotas cobiçando-o.
- Ahn... senhoritas... - ele se despediu delas.
- Tchau, Peter! - Disseram elas em uníssono.
Eles estavam quase em casa quando Peter disse de repente:
- Que estranho...
- O que?
- Aquelas garotas... o que elas estavam fazendo lá? Você não estava nem perto!
Davy riu com vontade, das palavras de seu amigo e do olhar confuso em seu rosto.

Fim



Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
 
Blonde bombshell
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: The Monkees-
Ir para: