Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 O divã

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 468
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: O divã   Qui Jan 15, 2015 9:41 pm

Título: O divã
Autor : strawberriesapples
Shipper: Jeannie/Major Nelson
Gênero: Romance
Censura / Classificação: R
Capítulos: One-shot
Nota: Escrita em 12/01/2015
Resumo ou uma promo: “Jeannie ficou com um pouco de vergonha por estar começando a se sentir excitada. Seu marido sem camisa, respirando fundo e gemendo daquele jeito estava deixando-a úmida.”


 
- Amo?
- Sim, querida?
- O que você está fazendo?
- Terminando esse relatório. Tenho que entregar ao general Schaeffer amanhã!
O Major Nelson tinha passado o dia no estúdio, trabalhando no relatório sobre a última missão. Este era mais detalhado, com ilustrações das partes das naves e tudo o mais. Sim, a NASA tinha fotos das partes das naves, mas o general queria a visão dos astronautas, por isso, ele ficou o dia inteiro no estúdio, fazendo seu "dever de casa." Num fim de semana, ainda por cima.
- Ainda?
- Sim. Estou terminando de datilografar.
- O general foi exigente desta vez, não acha, Amo?
- Bom... acho. Mas ele quer a nossa visão, e eu não posso entregar a ele de qualquer jeito!
- Sim, querido.
Jeannie pegou os rascunhos do Major Nelson. Estavam impecáveis. Seu marido era um homem muito organizado e competente e ela entendia muito bem por que ele era o "queridinho" da base.
- Amo...
- Sim?
- Deixe-me ajudá-lo...
O Major Nelson olhou para sua esposa, os olhos azuis penalizados, quase implorando para que ela o ajudasse. Ele estava muito cansado, então, cedeu. Todos aqueles detalhezinhos dos desenhos o deixaram meio tonto.
Jeannie piscou e ele viu seu relatório dentro de uma pasta preta, completamente datilografado, encapado e encadernado. Ele sorriu.
- Obrigado, Jeannie. Eu não poderia ter feito melhor.
- Oh, de nada, querido! - ela deu um beijinho nele.
- Aah, que dor nas costas! - ele reclamou.
- Venha cá, querido. Sente-se aqui. - ela apontou para o divã laranja.
Ele foi até o divã e sentou-se. Jeannie ficou em pé atrás dele e começou a desatar os nós de seus ombros. Ele respirou fundo.
- Mmm, obrigado, querida.
Ela apertava os ombros dele, esfregando as mãos pelo alto das costas dele, tentando relaxá-lo. Aparentemente, ela estava conseguindo. Ele continuava respirando fundo. Até que...
- Oh... - ele tirou sua camisa! - Uhhh... aí mesmo... Oh...
- A-Aqui?
- É... uhhh... ah...
Jeannie ficou com um pouco de vergonha por estar começando a se sentir excitada. Seu marido sem camisa, respirando fundo e gemendo daquele jeito estava deixando-a úmida.
- Ohhh... você tem dedos mágicos, Jeannie...
Ela tinha? E os dele, que ele discretamente enfiava e tirava de dentro dela em algum lugar público onde eles não conseguiam se controlar?
Ele respirou pelos dentes e gemeu novamente. Ela estava ficando zonza de desejo.
- P-Pronto! - ela exclamou.
- Ah, já acabou? - perguntou ele, meio desapontado.
- Já.
Ela virou-se e olhou para ele. Ele tinha uma expressão totalmente relaxada no rosto. Olhos meio cerrados e um sorriso enigmático.
- Muito obrigado, querida.
- De nada...
Eles foram se aproximando devagar um do outro e se beijaram. Foi um beijinho carinhoso e curtinho no começo, mas logo escalou para um beijo intenso, exigente.
O Major Nelson desceu logo para o pescoço de sua esposa, e logo puxou o zíper de seu vestido para baixo.
Jeannie estava ajoelhada em frente a ele, mas ela levantou-se para terminar de tirar o vestido. Ele virou-a de costas para ele e fez algo que ele não estava acostumado a fazer.
- Ohhh... ai! Hihi...
Ele havia apertado e mordido a parte traseira dela, dando um tapinha. Rindo também, ele levantou-se, ficou de frente para ela e a beijou novamente. Eles caíram em cima do divã, ainda beijando-se.
- Jeannie, você é demais...
- Mmm?
- Eu estava aqui, pronto pra dormir depois de terminar o serviço...
- Oh...
- Mas você conseguiu me deixar não só relaxado, mas também louco pra ter você embaixo de mim logo...
- Ohh, Amo...
Ele arrancou logo o sutiã dela e foi direto com a boca aos seios e Jeannie soltou um gemido longo. Como ela gostava de sentir aquela língua hábil por todo o seu corpo!
Ele passou um bom tempo ali, sugando e dando mordidinhas nos mamilos dela.
- Oh...
- Ah... você é a mulher mais linda do mundo, Jeannie...
- Querido... obrigada!
Ele desceu mais até chegar no umbigo, e Jeannie arrepiou-se toda. Ele passou levemente a língua por ali e arrancou-lhe a calcinha. Ela soltou um suspiro. E logo depois, um gemido.
- Aaaaahhhh!
Sim, ele havia levado aquela língua às suas partes femininas, deixando-a mais insana a cada minuto.
- Oh, Anthony!
- Mmm...
Ele usava a língua com muita esperteza, agitando-a na área mais sensível e sugando essa mesma área. Muito embora o fato dele aprazeá-la oralmente fosse parte de suas noites quase que diárias de amor, ela sempre chegava a um clímax intenso.
- Nnnghh... Anthony!!!
Ele olhou para ela com um dos sorrisos mais safados que ela já tinha visto naquele rosto encantador. Os olhos verdes mar brilhavam e ele ofegava. Ela o agarrou e o beijou intensamente de novo.
Levantando-se lentamente, ela foi empurrando-o, até que ele ficou em pé em frente ao divã. Ajoelhada e sorrindo um sorriso parecido com o dele, ela piscou e tirou as calças dele, puxando uma cueca azul marinho, generosamente recheada, para baixo.
Ela agarrou seu avantajado equipamento com as duas mãos, fazendo-o gemer baixo e respirar fundo. Levando o membro dele à boca, ela naturalmente começou a chupar.
- Aaaah! - gemeu ele, colocando as mãos na parte de trás da cabeça dela.
Depois de muitos minutos e de um incrível clímax, o Major Nelson jogou sua esposa no divã, penetrando-a com força e beijando-a intensamente.
- Mmmm!
Ele interrompeu o beijo por um segundo e brincou:
- Ninguém manda ser a gênia mais gostosa de todos os tempos!
Ela deu uma risadinha e ele continuou a beijá-la, aumentando a velocidade de suas estocadas, fazendo-a acompanhá-lo com os quadris.
- Ahhh!
- Ohhhhh!!!
- Anthonyyyy!!!!
Eles tiveram um orgasmo poderoso e o Major Nelson desabou em cima de sua esposa, totalmente extenuado.
- Ai... - suspirou ela.
- Obrigado pela massagem, querida... - disse ele olhando para ela, com um sorriso maroto.
- Hehe... de nada...
- Fizemos uma coisa hoje que nunca tínhamos feito antes...
- Ah, é? O que?
- Batizamos o divã...
 
FIM.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
 
O divã
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Romance - M-
Ir para: