Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Pagan love song

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:06 pm

Título: Pagan love song (Originalmente postada dia 14/12/2013)
Autora: strawberriesapples
Shipper: Jeannie/Major Nelson
Gênero: Geral/Romance
Censura/Classificação: R
Capítulos: 9
Completa: Em capítulos
Resumo ou uma promo: E se o Major Nelson tivesse mudado de ideia e tivesse convidado Jeannie para vir ao Havaí com ele?


1

- É, eu gostaria de poder ter trazido Jeannie...
- “Poder ter trazido Jeannie”? Isso é como o Titanic trazendo seu próprio iceberg!
- Vamos, Roger, você está exagerando!
- Eu estou exagerando? Você não viu todas aquelas meninas olhando para nós quando chegamos? Dá pra imaginar vê-las todas na praia, de biquíni? Oooh!
- Sim, bem, não se esqueça de que temos trabalho a fazer...
- Eu não vou! E você deveria!
- O quê?
- Vamos, Tony! Nós não temos que entregar o relatório até semana que vem e ele já tá quase pronto! Quer esquecer de todo esse papel por um segundo?
- Talvez você tenha razão... Vamos pra praia um pouco e depois a gente termina.
- Esse é o espírito, meu amigo! Vamos lá!
O Major Nelson e o Major Healey estavam no Havaí para terminar um relatório sobre solo americano. Era a última parada e eles poderiam aproveitar a praia de Waikiki, se eles ainda tivessem tempo. O Major Nelson se sentia meio mal por mentir para Jeannie novamente, mas se ela decidisse ajudá-lo da sua maneira, ele estaria em apuros. Novamente. Até porque o Dr. Bellows também estava lá para “curtir seus dias de folga” (entenda-se por “vigiá-lo”).
Mas agora, estando em Honolulu sob o sol para em breve descansar e relaxar, pensou nela, e como poderia ser divertido se ela estivesse aqui. Enquanto ela ficasse “quieta”. Hmm.
- Só um minuto, Roge.
- O quê? Não me diga que você mudou de idéia!
- Não... quer saber? Se você quer ir, vá. Eu vou logo depois de você.
- Tony, podemos terminar o trabalho mais tarde!
- Eu sei! Eu não vou terminar o trabalho agora.
- Tanto faz. Vejo você em alguns minutos, então.
- Tá.
O Major Healey saiu e o Major Nelson ficou no elevador. Certificando-se de que ninguém estava olhando, ele se concentrou e chamou:
- Jeannie!
Ela apareceu diante dele, sorrindo.
- Você chamou, Amo?
Levou um minuto para ela perceber que ele não foi – bem, eles não estavam no Pólo Norte.
- Oi.
- Amo! Isto não se parece com o Pólo Norte! – Ela olhou para fora – Parece... o Havaí!
- Eu sei, eu sei e eu sinto muito por ter te enganado novamente.
- Uhrgh!
Ela estava com raiva. Ele provavelmente precisava da ajuda dela e não tinha outra saída senão chamá-la! Bem, ele poderia livrar-se de seu problema por conta própria, ela não iria...
- Fique calma! Por favor!
- Como você pôde, Amo?
- Bem, se você decidisse me ajudar de alguma forma, eu teria que inventar uma outra desculpa pro Dr. Bellows de novo e eu realmente não vim aqui para isso.
- Você veio aqui para descansar e relaxar e se divertir sem mim! – ela fez beicinho.
- Eu vim aqui para terminar um projeto! E, então, para descansar e relaxar.
- Aah!
- Mas... eu pensei bem e... ahn... bem, desde que você fique quietinha e não interfira com o meu trabalho...
- Eu posso ficar?
- Sim.
- Para descansar e relaxar e me divertir com você?
- Sim. Só se você...
- Oh, Amo, querido! Você é um doce!
Ela encheu-o de beijos, como de costume. Ele sorriu. Era melhor do que se ela descobrisse sozinha que ele não estava no Pólo Norte e piorasse as coisas.
As portas do elevador se abriram e havaianos e turistas viram um homem ser beijado por todo o rosto por uma mulher com roupas de odalisca.
- Jeannie!
- Sim, Amo?
- Estamos no saguão... – Ele sussurrou.
- Oh!
- Com licença...
Eles se afastaram dos outros turistas.
- Escuta: você vai para a praia e fica com o Roger lá e eu encontro vocês em alguns minutos. OK?
- Ok, Amo!
- Jeannie, ahn...
- O quê?
- Suas roupas...
- Oh!
Ela viu uma mulher com um vestido florido, um chapéu e óculos de sol, carregando uma enorme bolsa. Ela piscou e uma roupa semelhante apareceu nela mesma.
- Essa está boa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:07 pm

2

Ela foi até a praia e viu o Major Healey lá, vestindo uma camisa florida, bermuda e um chapéu de palha. A imagem de um turista.
- Major Healey?
- Sim? – Ele olhou para ela – Ah, oi...
- Olá! – Ela se sentou ao lado dele.
- Escute, se você não estiver ocupada, podemos almoçar mais tarde...
- O quê?
- Ou talvez jantar...
- Hein?
- Talvez amanhã!
- Major Healey, do que você está falando?
- E você sabe quem eu sou! Isso não é perfeito?
- Claro que eu sei quem você é!
- Eu vejo que a minha fama me precedeu! Oh, bem...
- Major Healey. Eu vim aqui para ficar com meu amo – disse Jeannie, tirando o chapéu e os óculos – mas você está convidado a se juntar a nós!
- Ahh! Jeannie! É você! Desculpe, eu pensei que era uma... ahn... fã.
- Bem, considere-me uma de suas fãs!
- Eu... não posso...
- Por que não?
Ele estava prestes a explicar por que ela não poderia ser uma de suas fãs quando ouviu uma mulher perguntar:
- Com licença, você não é Roger Healey?
- Sim, sou eu.
- Ei! – Gritou a mulher a um grupo de pessoas ali perto – É ele mesmo!
Os olhos do Major Healey brilharam quando ele viu o grupo. Consistia de quatro outras mulheres!
- Oh! É verdade!
- Eu estou livre para o almoço!
- Estou livre para o jantar!
Ele estava sorrindo à toa. Ele já gostava do Havaí, mas agora ele estava adorando! Ele era famoso e todos os seus fãs eram mulheres! E bonitas! Jeannie sorriu para ele. Ela decidiu entrar no jogo.
- Oh, espere um minuto. Você é *o* Roger Healey? O astronauta?
- Jeannie...
- E você aprendeu meu nome! Me dá seu autógrafo?
- O quê?
- Por favor!
- Ahn... claro! – Ele entendeu o que ela fez. Só faria as outras mulheres o quererem mais!
- Oh!
- Aqui está, senhorita Jeannie.
- Ah, muito, muito obrigada! Vou valorizá-lo para sempre!
- Não exagere. – Ele sussurrou para ela.
- Oh! Certo.
- Ai, me dá um também?
- Sim, e pra mim!
As mulheres o cercaram. Ele estava no céu.
- Acalmem-se, senhoritas, tem Roger Healey suficiente para todas!
Ele levantou-se, afastou-se e as mulheres seguiram-no. Ele acenou para Jeannie e ela acenou de volta.
Ela estava rindo de toda aquela cena, quando ela viu um rosto familiar.
- Major Healey, você... oh, onde está ele?
- Dr. Bellows!
- Sim? Eu conheço você, moça?
- Hã... não... eu sou uma fã sua.
- Uma fã?!
- Sim! Você não cuida dos astronautas da NASA?
- Sim, mas...
Ela apenas sorriu para ele. Jeannie não estava mentindo. Ela gostava do Dr. Bellows e tinha um pouco de pena dele por causa de todas as coisas que ela e seu amo faziam o homem passar.
- Me dá seu autógrafo?
- Autógrafo?
- Sim! Para Jeannie. – Ela entregou-lhe uma caneta e um pedaço de papel e ele pegou.
- Claro, ahn... “para... Jeannie... Alfred E. Bellows.” – Ele escreveu – Aqui, senhorita.
- Oh, muito obrigada!
- Você viu o Major Healey? Ele estava aqui há pouco.
- Ahn, sim! Ele foi por ali – apontou – com suas fãs.
- Fãs!
- Sim!
- Oh, eu tinha algo importante a lhe dizer. Bem, pode esperar. Obrigado, senhorita.
- De nada, doutor!
Ele saiu e ela sentou-se, olhando para as pessoas se divertindo na água. Ela nem percebeu um homem se aproximando dela.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:07 pm

3

- Olá!
- Olá!
- Se importa se eu sentar aqui?
- Não, pode sentar!
- Meu nome é Michael. Qual é o seu?
- Jeannie.
- Prazer em conhecê-la, Jeannie!
- Ahn... igualmente.
- Nossa, que calor! Gostaria de ir tomar um sorvete?
- Ahn...
- Sim, Jeannie, é uma boa ideia. Vamos tomar um sorvete. – O Major Nelson tinha acabado de chegar e ele não gostava nem um pouco daquela cena.
- Amo!
- Oi...
- Amo? – O homem tinha um olhar confuso em seu rosto.
- Isso mesmo. – Disse o Major Nelson, com um sorriso confiante.
- Hã... desculpem!
O homem saiu e o Major Nelson sentou-se, com um olhar interrogativo no rosto.
- Quem era aquele homem?
- Eu não sei!
- E por que deixou ele sentar do seu lado?
- Ora, não tinha ninguém aqui, e...
- Você ia tomar sorvete com um homem que você não conhece?! – Ele estava ficando com ciúme.
- Amo...
- Ele provavelmente ia pedir pra experimentar o seu sorvete e, quando você menos percebesse, ele estaria lambendo outra coisa! – Ele estava morrendo de ciúme!
- Amo! Eu nem sequer dei ao homem uma resposta! Está com ciúme?
- Claro que não. Cadê o Roger?
- Ele saiu com suas fãs!
- Fãs?!
- Sim! Cinco!
- Roger tem fãs?
- Tem sim! Oh... você está com ciúme do Major Healey, Amo?
- Não tou não! Ele pode ter todas as fãs que ele quiser!
- Tenho certeza que você tem muitas fãs também, Amo.
- Eu não me importo com isso, Jeannie. Ele pode ficar com elas, sério.
Ironicamente, assim que ele disse isso, seu melhor amigo voltou, suas fãs logo atrás.
- Tony! Aí está você!
- “Tony”? Ai, meu Deus! Anthony Nelson?! – Uma das mulheres gritou.
- Sou eu.
- Oh, meu Deus! Você está aqui também!
- Eu sou uma grande fã sua!
- Eu também!
- Me dá seu autógrafo?
O Major Nelson deu uma risadinha. Quem diria!
- Claro!
- Para Eleanor.
- Ok!
Ele achou aquilo muito divertido. Mas o seu melhor amigo e sua gênia não acharam...
- Amo! Vamos dar um mergulho!
- Amo? – Uma das mulheres perguntou.
- É! – O Major Healey respondeu – Ele é um homem muito ocupado!
- Roger! Eu não estou ocupado!
- Oh, eu acho que vou encontrar Michael para ver se ele quer ir dar um mergulho, então... - Jeannie disse, em um tom mais alto do que o habitual.
- O quê?
Ela tirou o vestido e os próximos segundos se passaram em câmera lenta na cabeça do Major Nelson. Ele viu a parte de baixo, e logo depois, a de cima. Jeannie estava usando um maiô branco de duas peças que fez seu queixo cair.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:08 pm

4

Ela estava olhando em volta, fingindo procurar o homem que se aproximou dela mais cedo. O Major Nelson levantou-se e puxou Jeannie pelo braço.
- Ei! – Protestou ela.
- Desculpem senhoritas, como disse o Major Healey, eu sou um homem muito ocupado...
Eles se afastaram para a água.
- Ele está ocupado, mas eu não estou! – Disse o Major Healey. As mulheres voltaram toda a sua atenção a ele novamente.
Perto da água, o Major Nelson estava fazendo um grande esforço para não cobrir Jeannie com uma toalha e levá-la para o hotel.
- Estou tão feliz que você tenha decidido dar um mergulho comigo, Amo! – Ela sorriu triunfante.
- Ahn... sim... claro...
Ele estava hipnotizado. Ela costumava usar uma roupa meio reveladora, mas esse maiô era demais. E era branco. E ele ia ficar molhado. Caramba.
Eles foram para a água e brincaram um pouco. Ela mergulhou, deu cambalhotas sob a água, e nadou como um peixe. Ou uma sereia...
Muitos minutos depois, ela decidiu voltar para a areia. Ele disse a ela que iria juntar-se a ela em poucos minutos. Ele não poderia ficar fora da água no estado em que estava no momento...
Ele passou os próximos minutos ponderando sobre sua vida. Como sua vida estava indo, seu trabalho, suas finanças e sua saúde. Especialmente a sua saúde mental. Tudo estava indo perfeitamente bem, exceto a última. Jeannie o deixava louco diariamente. E agora, de muitas maneiras...
Ele estava perto de onde estava na areia quando alguém chamou:
- Major Nelson!
- Oh! Doutor Bellows!
- Olá, doutor! – Jeannie o cumprimentou.
- Minha fã! Era dela que eu estava falando, Amanda!
- Oh! Prazer em conhecê-la! – Disse a Sra. Bellows.
- Fã?!
- Sim, Am... hã... Anthony.
- Enfim, a Força Aérea havaiana nos pediu para visitá-los e eles disseram que seria uma honra ter-nos lá. Agora, eu espero que você e o Major Healey estejam lá amanhã à uma da tarde.
- Você não vai, Doutor Bellows?
- Claro que eu vou!
O Major Nelson olhou para Jeannie com uma expressão “agora eu sei por que temos que estar lá” em seu rosto.
- Uma hora, Major Nelson!
- Sim, senhor!
- Até mais tarde!
- Adeus, doutor!
- Desde quando você é fã do Dr. Bellows?
- Oh, Amo, eu gosto dele! Ele até me deu um autógrafo! Olhe! – Ela mostrou-lhe o papel.
- Oh! – Ele virou o papel – “Roger Healey”?
- Ahn... Eu estava meio que fingindo ser uma fã dele para impressionar as outras fãs...
- À propósito, cadê ele?
- Eu não tenho idéia!
- Deixa ele pra lá, então.
- Amo?
- Sim?
- O que eu vou fazer enquanto você estiver lá?
- Sei lá... aprenda a dançar a hula. Heh.
- Ah, ok!
- Jeannie, eu não falei...
Eles ouviram um estômago roncando. O dela!
- Ops!
- Está com fome? – perguntou ele, dando uma risadinha.
- Sim!
- Vamos encontrar algo para comer, então!

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:08 pm

5

Eles fizeram um lanche no hotel. O Major Nelson tinha que terminar o relatório e Jeannie disse que ia dar uma olhada nas vitrines. Ele achou divertido, mas ele ficou surpreso quando ela voltou com muitas sacolas de compras.
- Jeannie! Achei que você não fosse comprar nada!
- Não comprei! – Ela sorriu.
- Você piscou tudo isso?
- Sim, Amo! Você gosta desta camisa? – Era uma camisa vermelha, com uma estampa de hibiscos.
- É fantástica. – Disse ele, dando uma risada.
Ela piscou e ele estava vestindo a camisa.
- Oh, fica ótima em você!
- Obrigado. Eu espero que você tenha piscado um vestido bonito.
- Oh! – Ela tirou de uma das sacolas um belo vestido azul, com uma gola cigana – Você gosta deste, Amo?
- Sim! Perfeito pro jantar.
- Jantar?
- Sim! No “Aloha!” em uma hora e meia.
- Oh, Amo! – Ela beijou a bochecha dele – Muito obrigada!
Ele sorriu. Ele tinha ouvido coisas boas sobre esse restaurante; a comida era deliciosa. E por que não ir com uma gênia que estava se comportando direitinho hoje?
Ele tomou um banho, vestiu-se e estava prestes a chamar Jeannie quando ela apareceu na frente dele.
- Como estou, Amo?
Ela estava muito bonita. Mais bonita do que o habitual. O vestido fazia seus olhos saltarem e contrastava bem com seu bronzeado.
- Você está maravilhosa...
- Aww, obrigada. Vamos?
- Claro.
Eles chegaram ao restaurante e sentaram-se a uma mesa. A comida estava realmente deliciosa. E o serviço era excelente também. A esposa do proprietário (uma senhora havaiana gordinha) gostou imediatamente do Major Nelson.
Tinha um número musical especial naquele dia (Don Ho) e Jeannie riu com entusiasmo. Mas ela logo adormeceu. Ela estava cansada e depois da música lenta, ela adormeceu no ombro do Major Nelson.
Ele tentou acordá-la, mas ele não teve sorte. Ele a levou para o hotel em seus braços e colocou-a em sua cama. Oh, não. Onde ele ia dormir?
“Qualé, Tony. Isso é ridículo. É uma cama de casal. Tem muito espaço. Droga!”
Ele vestiu seu pijama e foi para debaixo dos lençóis. Quase uma hora depois, ele ainda estava acordado.
“Isso é patético! É só a Jeannie aqui, por que eu não consigo dormir?”
Decidiu pensar no trabalho e, finalmente, adormeceu. Ele acordou minutos depois com alguém beijando sua bochecha. Jeannie.
- Jeannie? O que é isso?
Ela ficou em cima dele e beijou-o avidamente. Ela tirou o vestido e sorriu maliciosamente.
- Jeann...
- Shhh. Não diga nada, Amo.
Ela cobriu sua boca com a mão e depois com os lábios novamente. Desabotoou o paletó do pijama e beijou seu torso. Ele gemeu.
Ela levantou-se devagar e tirou o sutiã. “Uau”, pensou ele. Ele levantou-se também e tocou-lhe, ficando cada vez mais excitado. Ela o beijou novamente e empurrou-o de volta na cama; ele a puxou e ficou em cima dela, beijando-a novamente. Ela piscou para tirar as roupas de baixo deles e ele não podia esperar mais: ele penetrou-a, gemendo de prazer. Ele logo ganhou velocidade e, quando ele estava quase lá, gritou.
- AAAAAAAH!!!
De repente, ele se levantou encharcado de suor. Ele ainda estava vestido e ao lado dele estava Jeannie, se mexendo. Foi um sonho.
- Amo? Você está bem?
Ela estava vestida também. Tinha realmente sido um sonho.
- Hã... sim. Sim, Jeannie, volte a dormir.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:09 pm

6

Ele acordou cedo no dia seguinte e lavou o rosto com água fria. Eles decidiram ir para a praia novamente. Ele estava se sentindo mais quente do que o habitual.
Ele tirou a camisa e o short. Ele estava usando uma sunga listrada, e Jeannie não conseguia tirar os olhos de seu amo. Ele tinha pernas bem torneadas, um belo peitoral (que ela já tinha visto) e... Oh, Céus. O homem era... mesmo... mesmo... bem-dotado.
Ela já o tinha visto de cuecas, mas eram sempre largas (ela meio que viu por que, agora) Nunca tinha percebido que ele era tão... grande.
- Jeannie? Qual é o problema?
- Nada! Absolutamente nada, Amo!...
- Eu vou para a água, ok?
- C-Claro! Ahn... espere, Amo!
- O quê?
- Eu vou também.
Ela também precisava de água fria. Ela piscou, tirou o vestido e ele viu que ela estava usando um maiô listrado que era semelhante ao seu traje de banho. E conseguia ser ainda mais revelador do que o outro.
Ele soltou um suspiro alto e caminhou até a água. Seria um longo, longo dia.
Eles bateram um papinho e foram se acostumando com a água fria (longe um do outro), quando ele percebeu que alguns homens estavam conversando com Jeannie. Seu ciúme habitual apareceu. Ele notou que ela parecia desconfortável. Eles estavam assediando-a! Ele foi em seu socorro.
- Jeannie? Você está bem?
- Amooo!
Ela se agarrou a ele; estava tão feliz que ele estava lá! É claro que ela podia piscar e mandá-los para o Pólo Norte de shorts, mas ela gostava de ser resgatada por seu amo. E seu corpo tão perto do dele fazia-a se sentir tão bem...
- Nós só estávamos conversando com ela!
- Deixem-na em paz, ok? Ela claramente não quer falar com vocês. Quer, Jeannie? – Ele disse, olhando para ela; ela balançou a cabeça; ele voltou-se para os homens – Tá vendo? Vamos sair daqui, Jeannie.
- Ok, Amo.
Eles saíram da água de mãos dadas casualmente. Todos ali perto olhavam para o belo casal, com trajes de banho que combinavam.
- Por que você não... você sabe, cuidou deles?
- Oh, Amo... não é tão legal quanto a você me salvar!
- Jeannie, o que é isso... Eu não te salvei...
- Salvou sim...
Ela casualmente olhou para a parte de baixo do corpo dele e sentiu calor em seu rosto novamente. Ela estava muito curiosa agora. Todos os tipos de pensamentos impuros passavam por sua cabeça.
- Cara, que sede! – Disse ele.
Ela piscou discretamente uma garrafa de água e entregou-a a ele, evitando olhar para ele.
- Oh! Obrigado, Jeannie.
- Hum-hum.
- Quer um pouco?
Ela balançou a cabeça, olhando para o outro lado.
- Ei! – Ele agarrou seu braço – Qual é o problema com você?
- Nada, Amo.
- Por que você tá me evitando?
- Eu não estou!
- Sim, claro. Por que você tá olhando pro outro lado, então?
- Amo, por favor...
- Jeannie.
Ele pegou o rosto dela e o virou para ele. Eles olharam um para o outro intensamente. Sem pensar sobre onde eles estavam, eles se beijaram. Avidamente. Ela tinha os braços em volta do pescoço dele e ele estava com as mãos na cintura dela. Eles de repente soltaram um do outro. Ela piscou e sumiu e ele jogou-se na toalha, deixando escapar um suspiro frustrado.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:10 pm

7

Ele foi para o hotel, mas não havia nenhum sinal de Jeannie. Ele não tinha idéia de onde ela poderia estar. Será que ela tinha voltado para casa? Talvez.
Ele deitou-se na cama e pensou sobre aquele beijo. Ela sempre lhe dava beijinhos e vice-versa. Houve alguns momentos em que os beijos eram mais apaixonados. Mas, devido à situação em que estavam, ele achou que tinha sido o beijo mais erótico que ele já tinha ganhado. Ela estava molhada, ela usava pouca roupa e ela era a mulher mais linda que ele já tinha visto. Mas o que a fez beijá-lo assim? Será que a praia fazia com que ela se sentisse mais... romântica? Ele realmente não sabia.
Ele almoçou e foi para a base havaiana. Ele passou a maior parte da tarde lá, mas sua mente estava em outro lugar. Ele pensou em Jeannie o dia todo. Onde ela estava? O que ela estava fazendo? Ela iria beijá-lo novamente?
O Major Healey o tinha convidado para um encontro de casais no Aloha!, com o qual ele tinha concordado, mas ele não sabia se iria. Ele esperava que Jeannie voltasse.
Ele voltou para o hotel e ainda não encontrou Jeannie em nenhum lugar ali perto. Ele estava começando a sentir-se triste. Ele estava curtindo aquelas feriazinhas. Ele estava tão relaxado que pediu a Jeannie para vir! E ela estava se comportando! E ela era tão linda... tão sexy...
Ele estava prestes a tomar um banho quando ouviu uma batida na porta. Ele estava tão distraído que se esqueceu que estava vestindo apenas a camisa e cueca. Ele abriu a porta e sorriu.
- Jeannie!
Ela olhou para baixo automaticamente. Ele estava usando uma cueca vermelha, com detalhes brancos. Era tão reveladora quanto à sunga. Ele estava extremamente sexy. Oh, céus!
- Onde você estava? Eu estive procurando você por toda parte!
Ele estava tão feliz que a abraçou. Ela ficou paralisada, com os olhos arregalados.
- Mmm!
- Qual é o problema? Você está bem? – Ele a segurou pelos braços.
Ela apenas olhou para ele. Ela queria beijá-lo novamente! Rasgar a camisa, aquela cueca e...
- Jeannie!
- Sim, Amo? – Sua voz estava um pouco rouca.
- Você está bem?
- Sim! Sim, estou!
- Você tem certeza?
- Mm-hm!
- Ok... Roger convidou a gente pra ir ao Aloha! Você quer ir?
Ela assentiu com a cabeça. Ele deu-lhe um olhar meio desconfiado, mas foi para o banheiro.
- Eu só vou tomar um banho rápido e então nós podemos ir. – Ele fechou a porta.
- Ok...
Ela jogou-se na cama e suspirou alto. Sim, ela amava seu amo, e ela sempre foi atraída por ele, mas agora ela estava obcecada. Ela não conseguia parar de pensar nele. Sim, ele era um homem bonito. Sim, ele era charmoso. Sim, ele era sexy. Mas agora... tudo o que ela conseguia pensar era nele com aquela sunga. Ou há poucos minutos, com aquela cueca vermelha. Imaginou as mãos dele por todo o corpo dela, os lábios seguindo suas mãos, o enorme conteúdo daquela cueca dentro... Ohhhhh!
- Preciso de água! Água gelada!
Ela piscou e um copo de água apareceu em sua mão. Ela bebeu tudo em um gole e suspirou alto. Assim que ela terminou de beber, o Major Nelson abriu a porta do banheiro.
Será que Jeannie gemeu? Ele não tinha certeza, mas isso fez o seu sonho e aquele beijo voltarem à sua mente em um flash. Droga!
- Jeannie, ahn... v-você está pronta?
Ela piscou e um vestido trapézio branco apareceu nela. Seu cabelo estava preso e ela estava usando sapatos de salto baixo. Ela estava linda.
- Agora estou!
- Você está ótima... – Foi tudo o que ele conseguiu dizer.
- O-Obrigada, Amo. Você está ótimo também...
Ele estava mesmo. Ele usava um terno cinza com uma gravata azul-marinho.
- V-Vamos?
- Sim!
Eles não disseram uma palavra um ao outro no caminho para o restaurante. Na verdade, eles quase não falaram durante o jantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:10 pm

8

- Ei! Vocês vieram! Esta é Eleanor. – O Major Healey já tinha chegado.
- Prazer em vê-lo novamente, Major Nelson.
- Igualmente.
- Esta é Jeannie.
Ela deu à mulher um meio sorriso.
- Tony, qual é o problema? Você parece tenso!
- Tenso? Não, não estou tenso! Não mesmo! Vamos nos sentar?
Sentaram-se e foram recebidos pela esposa do proprietário.
- Ah, se não é o major e sua bela companheira!
- Boa noite, Sra. Kahiko.
- Prontos para pedir?
- Traga-nos o especial de hoje.
- Claro! E para vocês?
- O mesmo pra nós, por favor. – A mulher saiu e o Major Healey tinha um sorriso divertido no rosto.
- Ei, vocês conhecem este lugar? Vocês vieram aqui antes?
- Sim, ontem. Don Ho tocou.
- Quem?
- Ele é um famoso cantor havaiano, Jeannie. Você... hehe... você dormiu durante o show.
- Oh, não!
- Tudo bem. Você estava cansada!
- Estava mesmo!
Eles sorriram um para o outro e a tensão diminuiu. O Major Healey notou o modo como seus dois amigos sorriram um para o outro e sorriu para si mesmo. Eles estão amadurecendo, pensou.
Eles conversaram, riram, comeram a deliciosa comida, riram de novo (Jeannie contou ao Major Healey sobre o Dr. Bellows e o autógrafo – “Era disso que ele estava falando quando disse que era apreciado também!” disse ele) e quando o Major Healey e Eleanor começaram a sussurrar no ouvido um do outro e rir, o Major Nelson e Jeannie sentiram que era hora de sair. Ela bocejou e fingiu estar com sono novamente.
- Uaaah! Amo... Podemos ir? – Ela lhe deu um olhar.
- Claro, claro. Boa noite, Roger. Eleanor.
- Ah... vocês já vão?
- Sim, Jeannie está com sono, então...
- É. Claro. – Ele sorriu – Bem, boa noite, então.
- Boa noite.
- Juízo!... – Ele sussurrou para o amigo. Ele riu.
Eles terminaram de se despedir e caminharam de volta para o hotel, conversando por todo o caminho de volta. Sua boa e velha amizade tinha voltado.
Mas assim que eles chegaram ao quarto do hotel, a tensão voltou novamente. Ele olhou para a cama e se lembrou de seu sonho. A única coisa que ele podia fazer era pedir-lhe para pegar sua garrafa. Mas ele não queria fazer isso...
Ele tirou a gravata e o paletó. Seus sapatos e as meias. Ela olhou para ele com um olhar curioso em seu rosto. O que mais ele tiraria com ela lá?
Ele pegou o pijama na gaveta e foi para o banheiro. Oh, pena.
Quando ele saiu do banheiro, ele se lembrou de lhe perguntar uma coisa, sentando-se na cama.
- Jeannie?
- Sim, Amo?
- Onde você estava quando eu estava na base havaiana?
- Eu estava em uma aula de dança hula.
- O quê? – Ele riu.
- Você me disse para encontrar uma, e foi isso que eu fiz!
- Eu estava brincando! Quer dizer... você aprendeu mesmo a dançar? – Ele achou graça.
- Sim! Quer que eu te mostre?
- Haha! Claro!
Ela sorriu, piscou uma roupa típica em si mesma e ligou o rádio em uma estação local. Ela começou a mover os quadris e fazer gestos graciosos com os braços. O queixo dele caiu novamente. Jeannie tinha muito ritmo. Ela estava muito consciente de seu corpo em cada movimento. Ela era natural. O Major Nelson ficou hipnotizado.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 463
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Pagan love song   Sab Mar 01, 2014 4:10 pm

9


Quando a música terminou (era uma canção curta), ela fez uma reverência. Ele estava olhando fixamente para ela.
- Amo?
- Mmm?
- Gostou? Eu sei mesmo dançar a hula? Hehe.
- Você é perfeita. – Ele deixou escapar.
- Oh! Bem, obrigada. – Ela sorriu e sentou-se na cama.
Eles olharam um para o outro novamente e aquela eletricidade de mais cedo na praia tinha voltado. Ele segurou seu rosto e beijou-a e ela respondeu imediatamente. Seus beijos eram exigentes, famintos. Suas mãos percorriam todo o seu corpo e ela fez o mesmo, debaixo da parte de cima do pijama dele. Ele começou a se sentir confiante e desamarrou seu biquíni. Com um pouco de dúvida sobre a reação dela, ele interrompeu o beijo e olhou para ela. Ela terminou de tirá-lo e atirou-o para o lado, sorrindo para ele. Ele sorriu de volta e beijou-a novamente. Ela tirou dele o pijama e acariciou seu peito. Ele exalou alto. Ele pegou sua saia e desamarrou-a também, fazendo a mesma coisa que ela fez com o biquíni. Ele acariciou a parte interna de suas coxas e dessa vez, ela suspirou em voz alta. Ele subiu pelo corpo dela e tocou seus seios. Ela gemeu.
Ele a deitou na cama e olhou para ela. Ela era realmente perfeita. A mulher mais deslumbrante que ele já tinha visto.
Ela piscou e o short do pijama dele sumiu. Olhando para baixo, ela percebeu que ele estava usando uma cueca azul clara que parecia estar ficando muito apertada... Ela sorriu maliciosamente e ele riu. Beijando-a novamente, ele desceu pelo pescoço dela, os ombros, o peito e os seios. Ela gemeu.
- Ohhhh!
Ele corajosamente tirou-lhe a calcinha e se ajoelhou em torno de suas pernas. Ela olhou para ele e sorriu maliciosamente, mordendo uma de suas unhas. Ela piscou e a cueca dele sumiu também.
- Ei! – Ele fingiu protestar, olhando para baixo.
Ela estava hipnotizada. Sua cueca realmente deixava pouco para a imaginação. Ela ficou ainda mais excitada.
- Você é tão travessa... – Disse ele, beijando-a novamente.
- Aprendi com o melhor! – Respondeu ela.
Os dois riram. Ele olhou nos olhos dela e deu-lhe um sorriso doce. Ela fez o mesmo.
Ele penetrou-a lentamente e a sensação era incrível. Ela finalmente sentiu-o dentro dela e era maravilhoso. Uma versão lenta de “Pagan love song” estava tocando e combinava bem com a situação. A música era suave, doce e sensual.
Muitos minutos mais tarde, a adrenalina subiu e ele ficou mais rápido, fazendo com que ambos chegassem logo ao clímax. Tinha sido muito melhor do que o sonho. Mais lento, mais prazeroso.
Jeannie estava no céu. Ela finalmente tinha saciado sua sede por ele. Foi muito melhor do que o que ela tinha imaginado. Ele era doce, terno e carinhoso. E enorme.
Ela logo caiu no sono nos braços dele. Sentindo a respiração suave dela em seu pescoço, ele pensou que o Havaí devia ter algo na água. Ele nunca havia se sentido tão relaxado. Estas tinham sido as melhores férias de sua vida.

FIM
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://jfics.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pagan love song   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pagan love song
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» HÉRCULES, A SAGA: V-18 - Love on the Rocks
» HÉRCULES, A SAGA - III-03 - Love Takes a Holiday
» [S.Valentim 2011] Questionario IN LOVE !!
» Mike in love!!! Michael Landon e seu primeiro amor - Dodie
» Pernell Roberts sings "Lonesome Trail" (" My Love of Long Ago"

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Romance - M-
Ir para: