Bem-vindo!
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe
 

 "O castigo"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bajumoon

bajumoon

Mensagens : 681
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 32
Localização : São Paulo - SP

"O castigo" Empty
MensagemAssunto: "O castigo"   "O castigo" EmptyQui Out 09, 2014 11:07 pm

Título: O castigo
Autor: bajumoon
Shipper: Jeannie II/ Major Nelson
Gênero: romance
Censura/Classificação: M
Capítulos: II
Advertências: Partes impróprias para menores
Resumo ou uma promo: Fic muito sem noção. O Major Nelson resolve dar uma lição em Jeannie II

I
O Major Nelson voltava pra casa muito nervoso!
Mais uma vez tinha se envolvido em uma encrenca e o maior prejudicado foi seu amigo, Roger.
Mas dessa vez, não tinha sido culpa de Jeannie!
Talvez tenha feito isso pra incriminar a irmã, mas Tony sabia que a culpa era de Jeannie II.
Ele a vira de relance, pouco antes da gênia usar sua magia contra o Major Healey.
Ah, aquela gênia malvada!
Transformara Roger em um papagaio e foi embora!
O Major Nelson, desesperado, chamou por sua gênia, contando o que houve e pedindo pra que ela desse um jeito na situação.
Jeannie piscou, tentando reverter o feitiço, mas foi inútil.
“Foi como eu pensei, amo!” Disse ela. “Um gênio não pode desfazer o feitiço de outro!”
“O que faremos então, Jeannie? Sua irmã foi longe demais dessa vez!”
“Acalme-se amo, não se preocupe! Levarei o Major Healey até Haji. Ele é o único que poderá transformá-lo de volta!”
“Não pode levá-lo! Roger terá que ir a uma missão daqui a poucos minutos! Como vou explicar a ausência dele?”
“De qualquer forma ele não poderá ir desse jeito, amo! É melhor que eu o leve! Tentarei não demorar!”
“Está bem, Jeannie! Mas tome conta dele. E tente voltar o mais rápido possível!”
Jeannie se foi com o papagaio, enquanto o Major Nelson pensava em uma forma de ganhar tempo pra Roger.
Mas o Dr. Bellows foi irredutível! Mesmo com as desculpas de Tony, ele não aceitou o atraso do Major Healey.
“Se ele foi tão irresponsável a ponto de não estar aqui na hora certa, será designado outro astronauta no lugar dele!” Disse o Dr. Bellows.
Isso deixou o Major Nelson irritado e chateado.
Ele resolvera voltar pra casa e esperar Jeannie lá, não havia mais o que fazer.
Ao entrar na sua sala de estar encontrou alguém no sofá.
“Olá queridoo!”
“Ah, claro! Eu sabia que você não demoraria a aparecer!”
O Major Nelson se aproximou de Jeannie II e ela falou:
“Que prazer revê-lo majorzinho! Vim procurar minha irmã, mas pelo visto ela não está!”
“Não minta! Eu sei o que você fez!”
“O que eu fiz? Do que está falando?”
“Você transformou Roger em um papagaio! Tem ideia do mal que causou a ele? Por sua culpa ele perdeu o lançamento. Ele passou meses se preparando para essa missão!”
“Ora queridoo! Eu acabei de chegar. Sem dúvida, deve ter sido culpa da tonta da minha irmã, que mais uma vez se meteu em problemas. Ah, você deveria se livrar dela!”
“Chega de cinismo! Eu sei que foi você! Eu a vi rapidamente, antes de você transformar Roger em uma ave. Vamos, admita!”
Percebendo que não adiantava mentir, a gênia disse:
“Sim, fui eu! E daí?” Ela deu de ombros.
“E daí? Você tem que desfazer esse feitiço agora!”
“E o que eu vou ganhar com isso, major baby?”
“Como?”
“Eu quero algo em troca. Você!”
“Eu não vou me submeter as suas vontades!”
“Então ele continuará como está!”
“Não! Jeannie o levou até Haji. Ele irá desfazer o feitiço!”
“Eu temo que não majorzinho! Fiquei sabendo que Haji está longe resolvendo alguns probleminhas. Duvido que minha irmãzinha o encontre!”
O Major Nelson não pôde mais se controlar! A irmã de Jeannie merecia uma lição. Quem era pensava que era?
Tony foi até ela, segurou-a pelos braços e rapidamente sentou-se, colocando ela de bruços no seu colo.
Pega de surpresa, Jeannie II ficou sem reação, com os olhos arregalados.
“Vou lhe ensinar a não brincar com as pessoas!” Disse o Major Nelson, dando a primeira palmada no traseiro da gênia.
“Ah, seu estúpido! O que pensa que está fazendo?” Grunhiu ela, recebendo outro golpe.
“Você não passa de uma garotinha malvada e caprichosa, que está acostumada a fazer tudo o que quer! Mas agora vai ter o que merece!” O Major Nelson lhe deu mais uma palmada, enquanto Jeannie Segunda dava um grito de raiva.
Tony não queria ter que chegar a esse ponto, mas ele não podia mais se conter, depois do que ela fizera ao seu amigo.
E ainda por cima, exigir algo dele, pra resolver a situação era demais!
Ela merecia esse “castigo”!
Jeannie II gritava e se debatia no colo dele.
Ele não batia realmente com força, mas a situação era humilhante pra ela!
Jamais ninguém tinha tido a coragem de fazer isso com ela, muito menos um simples humano.
Ela quis piscar para fazê-lo se arrepender por isso, mas por alguma razão, não conseguia.
O gesto de autoridade dele lhe causava um estranho sentimento.
Não era só respeito, era algo mais que ela começava a sentir.
A maneira como ele agia, todo autoritário e dominador e também um pouco agressivo, estava a excitando.
Assim que reconheceu a sensação, que crescia nela, tudo mudou.
Ela já não se sentia mais humilhada e passava a gostar da situação.
O Major Nelson percebeu que a gênia parou de se debater em seu colo.
Algo estava estranho. Pensou ele.
A gênia continuava emitindo sons, mas agora pareciam, hã... Gemidos?
Ele, desconfiado, lhe deu mais uma palmada e, ela não se conteve:
“Ohh, majorzinho, mais!”
“Mais?!” Ele repetiu, sem entender.
“Ohh, sim, mais, por favor! Você tem razão! Eu fui uma gênia malvada e mereço uma lição!”
“Como é?” Tony ficou sem reação.
“Vamos continue!” Exigiu ela.
O Major Nelson não sabia o que está acontecendo. Ela queria mais? Ela estava gostando? Mas por quê?
No instante seguinte veio o entendimento na mente dele e ele ficou com vergonha.
Ela achava que aquilo era um joguinho dele?
Para ter certeza Tony lhe deu mais uma palmadinha.
Jeannie Segunda gemeu mais uma vez, pedindo pra ele continuar.
Ele não tinha mais dúvidas! Ela estava se divertindo com a atitude dele!
O Major Nelson ficou irritado. Não só pela atitude dela, mas porque de alguma forma, isso começou a excitá-lo.
Ele não resistiu o desejo de lhe dar mais uma palmada, só pra ouvi-la gemer seu nome outra vez.
“Então ela gosta de joguinhos, não é? Então é isso que ela terá!” Pensou decidido.
***************
Voltar ao Topo Ir em baixo
bajumoon

bajumoon

Mensagens : 681
Data de inscrição : 04/03/2014
Idade : 32
Localização : São Paulo - SP

"O castigo" Empty
MensagemAssunto: Re: "O castigo"   "O castigo" EmptyQui Out 09, 2014 11:09 pm

II

Tony não tinha planejado isso, quando começou a dar-lhe aquelas palmadas.
Tudo o que ele queria, era dar-lhe uma lição por todo o mal que tinha feito.
Mas agora, ele mudara de resolução. Ele a castigaria de outra maneira, entrando no jogo dela.
Se fosse mesmo como Jeannie II lhe dissera, somente ela poderia fazer Roger voltar ao normal. E só havia uma maneira dela concordar a fazer isso!
O Major Nelson bateu de novo no traseiro dela, mas dessa vez também deslizou a mão por ele, o acariciando.
Sem resistir ao desejo, ele ergueu a saia dela e notou que seu bumbum estava vermelho.
Ele não se conteve e deu mais um tapa, enquanto ela ofegava.
Finalmente, Tony virou e puxou a gênia, fazendo com que ela sentasse em seu colo. Ele deu nela um beijo voraz.
A língua dele buscava faminta a dela, enquanto suas mãos deslizavam pelas costas da gênia.
O Major Nelson passou a beijar-lhe o pescoço, subiu mais e mordiscou a orelha dela, ordenando:
“Tire suas roupas! Agora!”
Ela obedeceu piscando e ficando nua. Tony a virou de frente pra ele e passou a lamber e mordiscar os seios dela.
“Ohhh!” Ela gemia, arqueando o corpo para trás.
Tony se levantou, tirando a gênia de seu colo e com brusquidão a jogou no sofá.
Jeannie Segunda riu arfante.
Tony se abaixou para beijar todo o corpo dela, enquanto ela gemia alto.
Ele voltou a se erguer, para tirar suas roupas e deitou-se por cima dela no sofá, penetrando-a.
Jeannie II deu um gritinho de prazer!
Ele ia fundo e com rapidez nela e ela pedia mais.
“Então você gosta muito disso, não é?” Disse Tony, ofegando.
“Oh, sim majorzinho!”
“E se eu parasse agora?”
“Não! Por favor, não pare!”
“Você vai ser uma gênia boazinha agora e fazer o Major Healey voltar ao normal? Hum?”
“Sim! Eu prometo! Farei tudo o que quiser, mas, por favor, não pare agora!”
O Major Nelson deu um sorriso de zombeteiro e continuou energicamente com as estocadas.
Ele a virou, fazendo com que ela ficasse por cima dele.
O Major Nelson agarrou com força nos quadris dela, fazendo-a ir freneticamente ao encontro dele.
Prontamente, os dois chegaram ao ápice do prazer e ela cansada, caiu por cima dele.
“Oh, major baby! Você é incrível!” Ela admitiu satisfeita.
Ele sorriu e deu-lhe mais uma palmadinha no traseiro.
“Boa menina!” Disse ele, tentando recuperar o fôlego.
***
Horas mais tarde, Jeannie voltava pra casa desanimada, com o papagaio.
Não tinha conseguido fazer o Major Healey voltar ao normal.
Ela se piscou aparecendo na cozinha, onde estava o seu amo.
“Eu sinto muito amo! Fiz o que pude, não consegui encontrar Haji!” Disse a gênia, triste.
“Não se preocupe Jeannie! Vamos resolver isso agora mesmo!”
Ele puxou a porta da cozinha e chamou alguém que estava na sala.
“Venha!” Disse ele.
Jeannie II apareceu e Tony falou:
“Você já sabe o que tem que fazer!”
A gênia piscou, fazendo Roger voltar ao normal.
“Agora já pode ir!” Falou o Major Nelson.
Ela somente balançou a cabeça e se foi.
Jeannie não acreditava no que seus olhos viam.
Desde quando sua irmã era tão submissa?
“Oh, finalmente! Sou eu de novo! Achei que ficaria pra sempre daquele jeito!” Falou o Major Healey, aliviado.
“Roge, eu sinto muito!!” Disse o Major Nelson. “Eu tentei convencer o Dr. Bellows a esperar você aparecer, mas ele não quis me ouvir e o tirou da missão!”
“Tirou-me?”
“Sim! Sinto muito!”
O Major Healey ficou calado por alguns instantes. Depois ergueu a cabeça dando um sorriso.
“Bom, pelo menos está tudo acabado e eu voltei ao normal. Haverá outras missões!”
Tony sorriu para o amigo.
O Major Healey disse que iria pra casa descansar.
Assim que Jeannie e Tony ficaram sozinhos, a gênia perguntou:
“Amo?”
“Sim, Jeannie?”
“Tem uma coisa que me deixou curiosa e admirada nessa história toda!”
“O que é Jeannie?”
“O que você fez pra minha irmã ficar tão obediente daquele jeito?”
“Bom Jeannie, basta ser firme com ela!” Disse Tony, dando um sorriso malicioso.

Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"O castigo"
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O Castigo para quem desobedece os Mandamentos e Doutrina do Senhor Jeseus Cristo.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
J-fics :: Hurt/Comfort-
Ir para: